22:04 27 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    114
    Nos siga no

    De acordo com dados publicados pelo Instituto Gallup, 5,6% dos norte-americanos se classificam como LGBTQ.

    O Instituto Gallup revelou uma curiosidade nesta quarta-feira (24) sobre a sociedade norte-americana: nunca foi tão grande o número de pessoas que se identificam como lésbicas, gays, bissexuais, transgênero ou queer (LGBTQ).

    O Gallup entrevistou 15.000 estadunidenses com mais de 18 anos de idade e descobriu que, entre aqueles que se identificaram como LGBTQ, 54,6% disseram ser bissexuais, 24,5% eram gays, e 11,7% definiram-se como lésbicas.

    O número daqueles que se dizem transgênero é 11,3%. Dos 15.000 entrevistados, 86,7% disseram ser heterossexuais. Porém, vale lembrar que os entrevistados puderam assinalar mais de uma opção para definir suas preferências sexuais.

    Segundo a pesquisa, isso é um fator que potencializou a identificação LGBT pelas gerações mais jovens. O Gallup sustenta que um em cada seis membros adultos da Geração Z (aqueles com idade entre 18 a 23 anos) afirma ser da comunidade LGBTQ.

    A pesquisa também perguntou aos entrevistados sobre ideologia política e identificação partidária. A pergunta revela que 13% dos liberais, 4,4% dos moderados, e 2,3% dos conservadores disseram ser lésbicas, gays, bissexuais ou transgênero.

    Traduzindo para a questão bipartidária nos EUA, 8,8% desses são democratas, 6,5% independentes, e apenas 1,7% se disseram republicanos.

    As mulheres são mais propensas do que os homens a se identificarem como LGBT (6,4% contra 4,9%). O Gallup acrescenta que, dado que as gerações mais jovens são muito mais propensas ​​do que as gerações mais velhas a se considerarem LGBTQ, esse crescimento deve continuar.

    "Na medida em que [a pesquisa] reflete que os norte-americanos mais velhos que não querem reconhecer uma orientação LGBTQ, as estimativas do Gallup podem subestimar a prevalência real dela na população", sustentam os autores.

    A guarda colorida grupo de veteranos LGBT OutVets marcha pela Broadway durante a parada do dia de St. Patrick, no Massachusetts
    © REUTERS / Dominick Reuter
    A guarda colorida grupo de veteranos LGBT OutVets marcha pela Broadway durante a parada do dia de St. Patrick, no Massachusetts

    Mais:

    'Se o preço por combater Jesus gay for prisão na Sibéria, carregarei essa cruz', diz Fauzi à Sputnik
    Bolsonaro critica Mangueira, que trouxe imagens de Jesus negro, gay, mulher e vítima da polícia
    Em carta, 50 embaixadores pedem que Polônia respeite direitos LGBT
    Tags:
    lgbtfobia, direitos LGBT, LGBTQ, sociedade, Gallup, gays, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar