21:00 11 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    150
    Nos siga no

    A Bolívia iniciou ao meio-dia (13h00 em Brasília) de hoje (29) a vacinação contra a COVID-19 com o imunizante russo Sputnik V, em um evento na cidade de Santa Cruz que contou com a presença do presidente Luis Arce.

    A primeira dose da vacina desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya da Rússia, com o apoio do Fundo Russo para Investimentos Diretos (RFPI), foi aplicada em uma enfermeira de uma Unidade de Terapia Intensiva em Santa Cruz de la Sierra, na região leste do país.

    "Me sinto bem, emocionada e também um pouco nervosa, mas com o pensamento positivo", disse a enfermeira Sandra Ríos do Hospital Japonês, após ser inoculada com a vacina russa que chegou ontem (28) ao país, como parte de um primeiro carregamento de 20.000 doses.

    No evento transmitido pela emissora de televisão estatal da Bolívia, Arce estava em pé, ao lado de Ríos, enquanto ela recebia a vacina. Antes de ser inoculada, a enfermeira passou por um trâmite no qual declarou sua aceitação voluntária da vacina e se comprometeu a receber a segunda dose em 21 dias.

    Entrega das vacinas Sputnik V no Hospital Universitário Japonês em Santa Cruz, e início da campanha de imunização contra a COVID-19 na Bolívia. Vamos seguir em frente!

    Dez trabalhadores do hospital de Santa Cruz, entre médicos, enfermeiros e auxiliares, receberam as primeiras doses da vacina, dando início a uma campanha que se concentrará inicialmente nos profissionais de saúde do país, de acordo com os anúncios oficiais.

    Ao fim do evento, Arce entregou os certificados de vacinação aos beneficiados, que ficaram sob supervisão durante meia hora após a inoculação da Sputnik V, sem que manifestassem reações negativas ou outras dificuldades.

    As 20.000 doses da Sputnik V que começaram a ser distribuídas no país são parte de um total de 5,2 milhões adquiridas pelo governo boliviano junto ao Centro Gamaleya e consistem na primeira etapa de uma campanha de vacinação que pretende imunizar contra a COVID-19 todos os bolivianos maiores de 18 anos ainda este ano. 

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Rússia e Bolívia assinam contrato para fornecimento da Sputnik V
    Bolívia registra a vacina russa Sputnik V
    China doa testes de COVID-19 e ventiladores à Bolívia
    Tags:
    vacinação, Sputnik V, COVID-19, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar