02:33 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Um cidadão de Chicago, cidade do estado norte-americano de Illinois, foi detido nesta terça-feira (12) por supostamente ameaçar realizar um ataque durante a posse do novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, no próximo dia 20.

    Louis Capriotti, de 45 anos, foi preso nesta manhã, perto de sua casa, por "transmitir uma ameaça no comércio interestadual", em uma ação que contou com representantes de diversos órgãos. Uma ação criminal foi apresentada no Tribunal Distrital de Chicago. 

    ​De acordo com o Departamento de Justiça, no último dia 29, Capriotti teria enviado uma mensagem de áudio para um congressista dizendo que se alguns indivíduos estavam achando que Biden colocaria as mãos na Bíblia e entrar na Casa Branca em 20 de janeiro, eles estavam muito enganados. E, em seguida, fez ameaças ainda mais diretas: 

    "Vamos cercar a Casa Branca e mataremos qualquer democrata que pisar no gramado", teria dito o acusado, segundo a denúncia, que também afirma que Capriotti tem um histórico de deixar mensagens de voz para parlamentares.

    "Nosso escritório leva a segurança de nossos servidores públicos muito a sério", disse o procurador federal John R. Lausch, Jr., do Distrito do Norte de Illinois. "Indivíduos que cruzarem a linha da liberdade de expressão fazendo ameaças ilegais serão responsabilizados."

    Mais:

    EUA convidam Rússia para a posse de Joe Biden
    Mike Pence, vice-presidente dos EUA, participará da posse de Joe Biden
    Em Nova York é captado áudio com ameaça de avião colidir contra Capitólio para 'vingar' Soleimani
    Tags:
    ameaça, democratas, posse, prisão, Illinois, Chicago, Joe Biden, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar