16:05 15 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)
    0 10
    Nos siga no

    O governador da Califórnia, Gavin Newsom, anunciou nesta quarta-feira (30) a descoberta do primeiro caso conhecido da nova variante do coronavírus no estado, depois que os EUA registraram ontem (29) o primeiro diagnóstico no país, no estado do Colorado.

    Em uma conversa transmitida pela Internet com o imunologista Anthony Fauci, o maior especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, Newsom disse que tinha acabado de saber da descoberta de uma infecção com a nova cepa do coronavírus no sul da Califórnia.

    "Não creio que os californianos devam achar isso estranho; era de se esperar", disse Fauci.

    Newsom, no entanto, não forneceu mais detalhes sobre a pessoa que foi infectada com a versão mutante do vírus, chamada de B.1.1.7,  na Califórnia.

    AO VIVO: O governador Gavin Newsom recebe o dr. Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, para uma conversa virtual.

    A detecção da nova cepa na Califórnia acontece apenas um dia depois que o primeiro caso foi confirmado no país, no estado do Colorado. O paciente é um integrante da Guarda Nacional que está na casa dos 20 anos e não estava viajando, segundo as autoridades estaduais.

    Ele tem sintomas leves e está isolado em sua residência nos arredores da cidade de Denver, enquanto outro membro da corporação é considerado um caso suspeito. Na semana passada, os dois foram enviados para uma casa de saúde que enfrentava um surto da doença, informou a agência Associated Press.

    O caso na Califórnia surge em um momento no qual o estado enfrenta uma crescente crise pandêmica, incluindo um recorde no número de mortes.

    Os hospitais estão cada vez mais sobrecarregados e o número de infecções deve crescer nas próximas semanas. Segundo a AP, o sul da Califórnia e o vale agrícola de San Joaquin já estão com suas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) sobrecarregadas para tratar os pacientes que sofrem de COVID-19, e as autoridades estaduais de Saúde continuam preocupadas com as reuniões e aglomerações que devem acontecer durante as celebrações do Ano Novo.

    De acordo com Newsom, a taxa de transmissão em todo o estado caiu para 1, ou seja, quando uma pessoa infectada transmite a doença para apenas um indivíduo. O governador, no entanto, ressaltou que as taxas no centro e no sul da Califórnia continuam muito mais altas e que a tendência de queda pode se reverter por causa das festas de fim de ano.

    Tema:
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)

    Mais:

    Começa a vacinação contra a COVID-19 nos EUA, enfermeira que trabalha em UTI é a 1ª a ser imunizada
    Anthony Fauci e secretário de Saúde dos EUA recebem vacina contra COVID-19 da Moderna
    Apple fecha temporariamente todas as lojas da Califórnia por causa do surto de COVID-19
    Tags:
    pandemia, mutação, COVID-19, EUA, Califórnia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar