15:09 15 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    322
    Nos siga no

    O governo dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira (21) que impôs sanções contra três entidades cubanas e três cidadãos nicaraguenses, informou o Departamento do Tesouro em comunicado.

    O Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros do Departamento do Tesouro norte-americano sancionou as entidades cubanas Grupo de Administración Empresarial, Financiera Cimex e Kave Coffee, por suas operações na ilha.

    Além disso, o governo norte-americano anunciou sanções contra três cidadãos nicaraguenses: o vice-presidente da Suprema Corte de Justiça da Nicarágua, Marvin Ramiro Aguilar García; o deputado da Assembleia Nacional, Walmaro Antonio Gutiérrez Mercado, e o chefe da Polícia Nacional do departamento de León, Fidel de Jesús Domínguez Álvarez.

    Hoje [21], o Departamento do Tesouro [dos EUA] identificou negócios controlados pelo Estado cubano que estavam se evadindo das sanções dos EUA.  

    Segundo o Departamento do Tesouro, a primeira das empresas cubanas sancionadas é uma organização guarda-chuva controlada pelo setor militar do país caribenho, conhecida pela sigla GAESA, que gerencia as outras duas companhias citadas e se dedica a atividades como o turismo, o comércio internacional e o setor de remessas da economia da ilha.

    A Financiera Cimex, por sua vez, se dedica ao investimento financeiro e também trabalha com remessas, enquanto a terceira é uma empresa de café.

    De acordo com o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, as três empresas trabalharam com a incorporação de negócios no Panamá para "driblar as restrições ao comércio internacional".

    "O governo [do presidente Donald] Trump continua comprometido em atacar o comportamento malicioso do regime cubano e suas tentativas de evitar as sanções dos EUA", disse o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin.

    Em relação aos cidadãos nicaraguenses, o Departamento do Tesouro afirmou que as sanções são uma tentativa de punir funcionários que continuam apoiando os esforços do governo chefiado por Daniel Ortega para minar a democracia no país.

    Departamento do Tesouro [dos EUA] sanciona três funcionários nicaraguenses que dão suporte ao regime de Ortega

    Os sancionados são responsáveis ​​por colaborar com Ortega na "identificação, intimidação e punição de opositores políticos", informou o governo norte-americano.

    Assim, todas as propriedades que as empresas e indivíduos sancionados hoje (21) possuem nos Estados Unidos serão bloqueadas e os cidadãos estadunidenses não poderão fazer negócios com eles.

    Mais:

    Administração Biden usará 'arma' de sanções de Trump de maneira diferente, relata Reuters
    EUA podem impor sanções contra Índia assim que país receber S-400 da Rússia, diz ex-conselheiro
    Alemanha pode impor sanções à Rússia por assassinato de suposto terrorista da Geórgia
    Tags:
    Departamento do Tesouro dos EUA, sanções, Nicarágua, Cuba, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar