18:28 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    381
    Nos siga no

    As sanções dos EUA impostas contra a empresa Ex-Cle Soluciones Biométricas, que fabricou as máquinas eleitorais utilizadas nas recentes eleições legislativas na Venezuela, são "estúpidas", afirmou presidente do país Nicolás Maduro.

    "Mike Pompeo [secretário de Estado dos EUA] aplicou hoje umas sanções estúpidas como bom imbecil que é, já com as suas malas feitas, contra a empresa e os empresários que fabricaram as máquinas para que o povo venezuelano votasse [no sábado] 6 de dezembro", disse Maduro ontem (18), no início da sua alocução na Assembleia Nacional Constituinte (ANC).

    "Todo nosso apoio e solidariedade aos empresários e empresárias que fizeram essas máquinas e a Venezuela votou", acrescentou.

    ​Houve máquinas, houve sistema eleitoral e há uma nova Assembleia Nacional!

    Nesta sexta-feira (18), a empresa Ex-Cle Soluciones Biométricas foi adicionada à lista SDN (nacionais especialmente designados) do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC, na sigla em inglês) do Departamento do Tesouro dos EUA.

    Durante os últimos anos, a Casa Branca aumentou as sanções contra a Venezuela e uma destas medidas indica que qualquer pessoa ou empresa que estabeleça relações comerciais com o presidente Nicolás Maduro ou algum funcionário de seu governo sofrerá as consequências.

    Mais:

    Filho de Nicolás Maduro declara Rússia como 'baluarte' da medicina após ser vacinado com Sputnik V
    EUA condenam eleições 'fraudulentas' na Venezuela, diz Pompeo
    Biden deve buscar solução para crise da Venezuela sem exigir renúncia de Maduro, aponta mídia
    Tags:
    América do Sul, eleições, EUA, Mike Pompeo, sanções, Venezuela, Nicolás Maduro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar