21:05 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 111
    Nos siga no

    A equipe da campanha à reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira (19) a retirada da ação jurídica que contesta o resultado da eleição no estado de Michigan.

    A declaração foi dada pelo advogado de Trump, Rudy Giuliani, em um comunicado. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

    "Nesta manhã estamos retirando nosso processo em Michigan como resultado direto de termos obtido o alívio que buscávamos: impedir que a eleição no Condado de Wayne seja prematuramente certificada antes de os moradores terem a garantia de que todo voto legal foi contado", escreveu Giuliani.

    No dia 10 de novembro, a campanha do candidato republicano disse que demandaria uma ação judicial para impedir o estado de Michigan de certificar seus resultados eleitorais sob a justificativa da existência de carimbos postais com datas retroativas acrescentadas a algumas cédulas de correio atrasadas no estado da Pensilvânia.

    Nesta quarta-feira (18), a secretaria de Estado de Michigan, Jocelyn Benson, disse que todos os condados de Michigan vão certificar o resultado da apuração das eleições presidenciais.

    Benson afirmou ainda que a junta de apuração vai se reunir novamente em 23 de novembro para "emitir a certificação final da eleição".

    Mais:

    NYT: Trump queria atacar Irã, mas desistiu da ideia após pressão de assessores
    Obama diz que Trump deveria 'pensar além do próprio ego' e deixa conselho ao republicano
    Trump demite chefe de cibersegurança, Chris Krebs, que rejeitou alegações de fraude eleitoral
    Trump kamikaze: veja as medidas bombásticas que o líder pode tomar antes de deixar a Casa Branca
    Pesquisa: 52% dos eleitores republicanos acreditam que Trump é o vencedor das eleições
    Trump paga quase R$ 16 milhões e pede recontagem em 2 condados de Wisconsin
    Tags:
    Estados Unidos, Partido Republicano, Donald Trump, campanha eleitoral, campanha, eleição, eleições nos EUA, Rudy Giuliani
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar