04:46 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    22212
    Nos siga no

    Porta-voz do Movimento ao Socialismo (MAS), partido do presidente eleito da Bolívia, Luis Arce, disse que houve um ataque com dinamite contra sede da legenda durante reunião.

    Segundo Sebastián Michel, um grupo de pessoas detonou uma banana de dinamite na sede de campanha do partido em Laz Paz. Não há informações de feridos. 

    No momento do ataque, estava ocorrendo uma reunião com vários membros da legenda, entre eles o presidente eleito da Bolívia, Luis Arce. 

    "Há alguns minutos fomos vítimas de um atentado de um grupo que deixou uma banana de dinamite na sede da campanha, onde estava o próprio presidente eleito Luis Arce. Estamos muito preocupados com o que está se passando", disse o porta-voz em entrevista para a emissora Red Uno. 

    Segundo Michel, o artefato explodiu na porta da sede do partido. O porta-voz lamentou que as autoridades de segurança do atual governo da Bolívia não tenham se manifestado a respeito do caso. 

    "Não vimos nenhuma declaração sobre o tema por parte do ministro de Governo, Arturo Murillo, então sentimos que estamos largados a nossa própria sorte, desprotegidos, e ninguém nos dá a garantia necessária para a segurança de nossa autoridade", disse o funcionário. 

    Morales condena ato

    A polícia foi até o local para buscar os responsáveis pelo ato. A posse de Arce está marcada para domingo (8). Nesta quinta-feira (5), líderes da região de Santa Cruz de la Sierra iniciaram uma greve de dois dias contra ele.

    O ex-presidente boliviano, Evo Morales, condenou a ação por meio do Twitter. Ele disse que "grupos tentam gerar um clima de confusão e violência" no país, mas seu partido não cairá em "nenhuma provocação". 

    ​Condenamos o atentado contra nossa sede de campanha em La Paz. Pequenos grupos tentam gerar um clima de confusão e violência, mas não terão sucesso. Nós não cairemos em nenhuma provocação. Nossa revolução é pacífica e democrática

    Mais:

    Evo Morales viaja de Argentina para Venezuela após vitória de aliado na Bolívia
    Esquerda, volver: como ficarão relações de Brasil e Bolívia e acordo de gás após vitória de Arce?
    Fernández quer que Bolívia se torne membro pleno do Mercosul
    Tags:
    atentado, MAS, Evo Morales, Bolívia, Luis Arce
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar