20:09 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    3252
    Nos siga no

    A declaração veio poucos meses antes que a China relatou pela primeira vez infecções por um novo coronavírus, levando usuários a comentar a "profecia" sobre "verdadeiras ameaças".

    A Internet viralizou um tweet de Joe Biden, candidato presidencial dos EUA, que advertiu há um ano de uma falta de preparação dos EUA em resposta a uma possível pandemia.

    A mensagem na rede social surgiu em 25 de outubro de 2019, antes dos primeiros relatos do novo coronavírus na China em dezembro do ano passado.

    Não estamos preparados para uma pandemia. Trump recuou o progresso que o presidente Obama e eu fizemos para fortalecer a segurança sanitária global. Precisamos de uma liderança que construa a confiança do público, se concentre em ameaças reais e mobilize o mundo para deter os surtos antes que eles cheguem à nossa custa.

    Nenhum desses 195 países, incluindo os EUA, está totalmente preparado para uma pandemia, diz relatório

    No tweet, que agora totaliza mais de 250 mil interações, Biden observou que Donald Trump, atual presidente dos EUA, reverteu o progresso que o candidato presidencial fez quando era vice-presidente com o presidente Barack Obama (2009-2017) para fortalecer a "segurança sanitária global".

    A declaração de Biden se referia a um artigo do jornal The Washington Post afirmando que nenhum país do mundo estava totalmente preparado para uma pandemia.

    A popularidade do tweet levou a uma guerra de comentários feroz, com alguns usando a declaração de Joe Biden como prova do mau desempenho da gestão da pandemia nos EUA por Trump, enquanto outros afirmaram que o atual presidente norte-americano seria considerado culpado independentemente do que acontecesse.

    Mais:

    Twitter anuncia mudanças em meio à eleição presidencial norte-americana
    COVID-19: Trump chama possível reforço de normas para aprovação de vacina de 'ação política'
    Biden avisou: democrata alertou em abril que Trump tentaria adiar eleições nos EUA
    Trump diz que ordenou reduzir quantidade de testes para diminuir número de casos de COVID-19
    Tags:
    Barack Obama, EUA, Washington Post, The Washington Post, Donald Trump, Joe Biden
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar