09:47 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    8148
    Nos siga no

    Um grupo de senadores democratas dos Estados Unidos apresentou uma resolução contra a inclusão da Rússia no Grupo dos Sete (G7), informou o senador de Illinois, Dick Durbin, em um comunicado à imprensa.

    "Em vez de usar todas as ferramentas à sua disposição para combater as ameaças russas contra nossas tropas, nossas eleições e a soberania das nações democráticas ao redor do mundo, o presidente [Donald] Trump tentou normalizar as relações norte-americanas e recompensar o Kremlin", disse Durbin nesta segunda-feira (20).

    Ele acrescentou: "A resolução de hoje deixa claro que o Senado dos Estados Unidos se oporá à readmissão da Rússia, a menos que cesse suas más ações contra a Ucrânia, nossos aliados e os Estados Unidos".

    No final de maio, Trump afirmou que os Estados Unidos estão adiando a reunião do G7, originalmente prevista para junho, até setembro e planejam convidar líderes da Rússia, Índia, Austrália e Coreia do Sul para atualizar o grupo de países.

    Além disso, Trump destacou ainda que não acredita que o G7 represente adequadamente o que está acontecendo no mundo.

    O G7 é composto pelo Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos.

    Mais:

    EUA tentam dividir os BRICS convidando Brasil, Rússia e Índia para o G7, diz especialista
    Convidar Putin para cúpula do G7 é de 'senso comum', afirma Trump
    Submisso aos EUA, Brasil só tem a perder se entrar na OCDE e no G7, diz ex-chanceler Celso Amorim
    Tags:
    relações bilaterais, Donald Trump, diplomacia, Kremlin, G7, democratas, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar