08:51 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2816
    Nos siga no

    A Força Espacial e o Escritório Nacional de Reconhecimento dos EUA lançaram nesta quarta-feira (15), da base espacial da ilha Wallops, Virgínia, um foguete portador que colocou em órbita "quatro cargas úteis secretas".

    Várias mídias norte-americanas descreveram as cargas da missão NROL-129 como sendo "satélites espiões secretos".

    As atividades, bem como os destinos orbitais deste tipo de missões do Escritório Nacional de Reconhecimento dos EUA (NRO, na sigla em inglês), são classificadas, informa a NASA.

    Através de um comunicado, o escritório indicou apenas que a "NROL-129 apoia a missão geral de segurança nacional do NRO para fornecer dados de inteligência aos principais responsáveis políticos dos EUA, comunidade de inteligência e Departamento de Defesa".

    ​Lançamento da missão NROL-129 esta manhã [15] a partir da ilha Wallops.

    O foguete portador, um Minotaur IV operado pela companhia norte-americana Northrop Grumman Innovation Systems, tem 24 metros de altura e possui quatro estágios. O seu primeiro voo ocorreu em 22 de abril de 2010.

    O lançamento de ontem é a primeira missão do NRO em colaboração com a Força Espacial dos EUA.

    Mais:

    Rússia inicia testes de novo avião espião
    Avião espião P-8A Poseidon dos EUA teria sido avistado próximo de base russa na Síria
    Caças russos interceptam avião espião da Força Aérea americana no mar do Japão
    Tags:
    base de lançamento, foguete, satélite espião, Inteligência Nacional dos EUA, NASA, Força Espacial Militar dos Estados Unidos, operação secreta, classificação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar