05:43 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2202
    Nos siga no

    Hackers roubaram documentos confidenciais de uma empresa subcontratada militar que presta apoio essencial no desenvolvimento do novo míssil balístico intercontinental Minuteman III, revela Sky News.

    Depois de obter acesso à rede informática da empresa Westech International, os criminosos criptografaram as máquinas da empresa começando a vazar documentos on-line para pressionar a companhia a pagar uma quantia em dinheiro.

    Ainda não é claro se os documentos roubados pelos hackers incluem informações militares classificadas, mas ficheiros vazados sugerem que os criminosos obtiveram acesso a dados extremamente sensíveis, incluindo folhas de pagamentos e e-mails.

    Um porta-voz da Westech International confirmou que a empresa tinha sido hackeada e seus computadores foram criptografados, e que estão em curso investigações para identificar os dados de que os infratores conseguiram se apoderar, aponta Sky News.

    Míssil balístico intercontitental Minuteman III é visto na base aérea de Minot, nos EUA (foto de arquivo)
    © AP Photo / Charlie Riedel
    Míssil balístico intercontitental Minuteman III é visto na base aérea de Minot, nos EUA (foto de arquivo)
    A empresa está envolvida no desenvolvimento do novo míssil balístico intercontinental (ICBM) Minuteman III prestando assistência técnica e de manutenção, sendo subcontratada pela Northrup Grumman.

    O referido míssil é a componente terrestre da dissuasão nuclear dos EUA, armazenado em centenas de instalações protegidas de lançamento subterrâneas operadas pela Força Aérea dos EUA.

    Cada ICBM é capaz de portar múltiplas ogivas termonucleares a mais de 9.600 km, ou seja, a distância aproximada entre Londres e Buenos Aires.

    Mais:

    Marinha dos EUA testa com êxito míssil balístico Trident II capaz de transportar ogiva nuclear
    Irã apresenta novo míssil balístico de curto alcance (VÍDEO)
    EUA planejam terminar desenvolvimento de novo míssil balístico intercontinental até 2025
    Tags:
    EUA, Northrop Grumman, Força Aérea dos EUA, hackers, ataque hacker, vazamento, míssil balístico intercontinental, Minuteman III
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar