21:22 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    12361
    Nos siga no

    Os Estados Unidos são o país mais afetado pela COVID-19, somando maior número de infecções no mundo, com mais de 206.200 casos registrados, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins.

    Uma aeronave Antonov An-124 da Força Aérea Russa com equipamentos médicos aterrissou no Aeroporto JFK de Nova York às 20h06 GMT (às 21h06 em Brasília), informou a Missão Russa às Nações Unidas nesta quarta-feira. A carga será usada para combater o surto de COVID-19 no país norte-americano.

    "Após a conversa por telefone entre os presidentes Putin e Donald Trump, Russia enviou a sua maior aeronave de carga An-124 Ruslan com suprimentos médicos (máscaras + equipamentos) para os EUA para ajudar a combater a pandemia de COVID19 e salvar vidas dos cidadãos americanos. O avião está a caminho", informou a Chancelaria russa em seu Twitter.

    ​O editor do site Defense One, Marcus Weisgerber, acompanhou o trajeto do avião em sua conta no Twitter.

    "Wow: Controlador de tráfego aéreo de Nova York para o avião de carga da Força Aérea Russa: 'Agradecemos sinceramente por toda a assistência que vocês estão trazendo'. O avião está na aproximação final e aterrissará na pista 31L do JFK em momentos", escreveu o jornalista.

    Mais cedo, um alto funcionário da administração dos EUA disse que os Estados Unidos estavam aguardando a entrega pela Rússia de uma carga de equipamentos de proteção individual e suprimentos médicos em meio ao surto de coronavírus no país.

    O número total de casos de COVID-19 nos EUA atingiu a cifra de 206.207. O número de mortos aumentou para 4.542, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins. O governo dos EUA está se preparando para um aumento desses números.

    Tags:
    Rússia, EUA, An-124, Antonov
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar