14:15 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    39567
    Nos siga no

    Um avião russo An-124-100 Ruslan com máscaras e equipamento médico partiu para os EUA, anunciou o Ministério da Defesa russo.

    Previamente, foi noticiado que Moscou está ajudando Washington no combate ao coronavírus.

    Durante uma conversa telefônica entre os presidentes russo e norte-americano, Vladimir Putin e Donald Trump, na segunda-feira (30), a Rússia ofereceu ajuda humanitária aos EUA, que ocupam o 1º lugar no mundo em infecções pelo coronavírus (SARS-CoV-2).

    O número de vítimas fatais do coronavírus nos EUA pode atingir de 100 a 240 mil pessoas em cenário favorável e de 1,5 a 2,2 milhões de mortes em um cenário desfavorável, segundo um material especializado publicado pelo serviço de imprensa da Casa Branca.

    Previsão da Casa Branca

    De acordo com os cálculos, o cenário favorável envolve "intervenção", ou seja, as medidas das autoridades para reduzir as consequências negativas da pandemia.

    Além disso, os especialistas preveem que o pico da mortalidade por coronavírus nos EUA será no dia 15 de abril, podendo morrer até 2.214 pessoas nesse dia.

    Então os números começarão a diminuir, atingindo um nível de cerca de 250 mortes por dia até 1º de junho e menos de 100 mortes até 1º de julho.

    Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos foram registrados até agora quase 190 mil casos de coronavírus e mais de 4.000 mortes.

    Mais:

    Trump: Rússia enviou avião carregado de equipamentos médicos aos EUA para combater COVID-19
    Falecidos pela COVID-19 saturam hospitais de Nova York (VÍDEO)
    Como coronavírus impacta programas da Força Aérea dos EUA?
    Tags:
    ajuda humanitária, EUA, Rússia, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar