15:44 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    9139
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (11) que todos os voos vindos da Europa estão suspensos por 30 dias para conter o avanço do coronavírus.

    De acordo com o presidente dos EUA, a única exceção será o Reino Unido e a suspensão entrará em vigor na sexta-feira. Trump fez o anúncio no Salão Oval da Casa Branca em um pronunciamento na televisão e disse que a medida é "forte, mas necessária".

    Não foi fornecida uma lista de países que serão afetados pela medida, informa a agência de notícias Reuters. 

    "Este é o esforço mais agressivo e abrangente para enfrentar um vírus estrangeiro na história moderna", disse Trump.

    A União Europeia não agiu com rapidez suficiente para combater o "vírus estrangeiro", disse o presidente dos EUA. Trump também anunciou que o governo irá oferecer empréstimos a juros baixos para empresas afetadas pela crise e que trabalhadores doentes ou em quarentena receberão ajuda.

    A medida marca uma mudança de postura do chefe do Poder Executivo dos EUA. Anteriormente, Trump havia dito que o coronavírus faria a população local gastar dinheiro em seu próprio país. 

    Os Estados Unidos já confirmaram mais de mil casos de COVID-19, doença causada pelo coronavírus, e 37 mortes por conta da enfermidade. Também nesta quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde declarou que o coronavírus é uma pandemia

    Mais:

    Casos de coronavírus no Brasil sobem para 52, diz Ministério da Saúde
    Novo coronavírus está deixando o mercado financeiro brasileiro doente?
    Chefe da Secom, que viajou com Bolsonaro, tem suspeita de coronavírus, diz colunista
    Coronavírus: Brasil pode suprir apenas parte da demanda da Europa por alimentos, diz especialista
    Tags:
    novo coronavírus, Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar