10:44 05 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    204
    Nos siga no

    Divulgados os dois últimos minutos de comunicação entre o controle de tráfico aéreo e o piloto do helicóptero que caiu com o astro do basquete, Kobe Bryant.

    O helicóptero que caiu neste domingo (26), em Calabasas, próximo a Los Angeles, nos EUA, vitimando o astro do basquete, Kobe Bryant, uma de suas filhas e mais 8 pessoas, foi alertado de que se encontrava a "um nível demasiadamente baixo" momento antes de desaparecer dos radares.

    ​Últimos dois minutos de comunicação entre o helicóptero de Kobe Bryant e os controladores de voo de Los Angeles antes de perderem contato. 

    "Helicóptero 72X, a sua altura ainda está muito baixa para seguir com o voo neste momento", disse um controlador de tráfego aéreo enquanto se comunicava com o piloto.

    Antes do helicóptero desaparecer dos radares, o vídeo alerta para que "não se escutava o piloto devido a um receptor de rádio com defeito e/ou baixa altitude".

    "Helicóptero 72TX, SoCal [Carolina do Sul]?", pergunta o controlador, em uma tentativa final de receber uma resposta. Alguns segundos depois, o helicóptero caiu em Calabasas.

    Segundo dados obtidos previamente, o acidente pode ter sido causado pelo mau tempo, uma vez que havia forte nebulosidade na região na manhã do domingo (26).

    Por causa da má visibilidade, o piloto teria desviado para a região montanhosa. De acordo com os registros do rastreador de voo, o helicóptero voava a cerca de 300 quilômetros por hora.

    Kobe Bryant utilizava seu helicóptero particular, Sikorsky S-76, para deslocar-se. A fabricante do helicóptero, Sikorsky, empresa subsidiária da Lockheed Martin, divulgou informe no domingo (26), no qual se coloca à disposição das autoridades para cooperar com as investigações.

    Oficiais de justiça investigam as causas do acidente que matou a estrela do basquete, Kobe Bryant, em Calabasas, na Califórnia, em 26 de janeiro de 2020
    © REUTERS / Ringo Chiu
    Oficiais de justiça investigam as causas do acidente que matou a estrela do basquete, Kobe Bryant, em Calabasas, na Califórnia, em 26 de janeiro de 2020

    O acidente ocorreu pouco antes das 10h da manhã, horário local (cerca de 15h do horário de Brasília), próximo ao condado de Calabasas, na cidade de Los Angeles.

    Mais:

    Aeronave militar da África do Sul se acidenta no Congo (FOTOS, VÍDEO)
    Ao menos 20 mortes e dezenas de feridos em acidente de ônibus no Irã
    Alguns envolvidos no acidente de avião ucraniano estão presos, diz porta-voz da Justiça iraniana
    Tags:
    queda, helicóptero, Los Angeles
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar