17:23 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Manifestantes protestam após as eleições na Bolívia

    Manifestantes incendeiam centros eleitorais na Bolívia após anúncio da vitória de Morales (VÍDEOS)

    © REUTERS / Ueslei Marcelino
    Américas
    URL curta
    546
    Nos siga no

    O presidente da Bolívia, Evo Morales, conquistou 46,86% dos votos nas eleições presidenciais do país, evitando um segundo turno. A oposição acusa autoridades eleitorais de fraude e não reconheceu as eleições.

    A polícia usou gás lacrimogêneo contra manifestantes reunidos na capital La Paz, em frente ao prédio do governo onde a contagem dos votos estava sendo realizada nesta segunda-feira.

    ​Após o anúncio da reeleição de Evo Morales nesta segunda-feira, manifestantes que alegam que a contagem de votos das eleições foi uma fraude incendiaram escritórios eleitorais nas cidades de Oruro, Tarija e Sucre, informou o jornal boliviano El Dever. 

    Concentrações massivas na #Bolívia, pessoas que protestam contra o que consideram uma fraude eleitoral. Monitoraremos a resposta das autoridades, insistindo para que não haja repressão violenta, como já se tornou costume na região.​

    O principal concorrente de Morales na corrida eleitoral, Carlos Mesa, acusou as autoridades eleitorais da Bolívia de "fraude", recusando-se a reconhecer os resultados das eleições.

    Morales venceu com uma margem de 10,12% contra seu rival Carlos Mesa, que obteve 36,74% dos votos, após 95,09% de apuração.

    Mais:

    Indefinição na Bolívia: Evo Morales declara vitória e opositor faz acusação de fraude
    Evo Morales é reeleito presidente da Bolívia; opositor não reconhece resultado
    Bolívia encarará 2º turno nas eleições presidenciais
    Tags:
    eleição, manifestantes, vídeo, Evo Morales, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar