06:54 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Groenlândia (foto de arquivo)

    Trump confirma ter interesse em comprar Groenlândia

    © REUTERS / Ritzau Scanpix
    Américas
    URL curta
    61215
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Donald Trump, confirmou em entrevista com jornalistas que tem interesse na compra da Groenlândia. O cientista político Vladimir Shapovalov comenta a declaração do líder norte-americano em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.

    Donald Trump, confirmou que tem interesse na compra da Groenlândia. Enquanto na Dinamarca tal possibilidade foi avaliada como "brincadeira", cientista político russo diz que isso pode ser mais do que uma piada.
    Falando com jornalistas, o líder norte-americano disse que se interessou pelo assunto "por razões estratégicas", mas reiterou que não se trata do tema №1 da agenda.

    Opinião de cientista político

    O cientista político Vladimir Shapovalov falando com a serviço russo da Rádio Sputnik opinou que os planos do presidente dos EUA não podem ser considerados como brincadeira.

    "Não é brincadeira nenhuma, porque o plano surge pela terceira vez – os EUA anunciaram [várias vezes] suas pretensões à compra da Groenlândia. Por isso não é brincadeira, e a resposta da primeira-ministra da Dinamarca é uma tentativa de sair desta situação embaraçosa", disse ele.

    Especialista adicionou que a declaração de Donald Trump sobre a compra da Groenlândia não é uma "notícia falsa", mas a posição do presidente. O cientista político explica o interesse dos EUA no estabelecimento do controle sobre a Groenlândia com o fato de a ilha ter "um significado extremamente importante nos aspetos militar e econômico".
    Segundo o cientista político, o comportamento de Donald Trump neste assunto está conforme com a sua tática habitual.

    "Neste caso vemos a tática habitual de Donald Trump. É uma chantagem pública sobre a Dinamarca para reforçar a sua posição negocial nesta matéria. Provavelmente, o presidente dos EUA está tomando tais medidas de propósito", comentou o interlocutor.

    O cientista político compara a estratégia agressiva que Donald Trump usava quando era empresário com a atual estratégia de comportamento na arena mundial. "É assim que Trump se comporta, violando todas as normas e cânones das relações diplomáticas", explica Vladimir Shapovalov.

    Reação da Dinamarca e Groenlândia

    O interesse de Trump na compra da Groenlândia foi anunciado por fontes informadas, citadas pelo jornal Wall Street Journal.
    Os políticos dinamarqueses ficaram indignados com os planos de Donald Trump. A primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, disse esperar que os planos não fossem sérios.
    Por sua vez, o Ministério das Relações Exteriores da Groenlândia declarou que a ilha está aberta "para os negócios, mas não para venda".

    Mais:

    Trump sugere bloqueio naval da Venezuela
    Trump defende sua gestão econômica e guerra comercial com China
    Nova descoberta na Groenlândia pode evidenciar 'vida extrema' na região
    Tags:
    compra, Ártico, Groenlândia, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar