21:27 16 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    27113
    Nos siga no

    O presidente Donald Trump acusou seu antecessor, Barack Obama, de fraqueza em relação à Rússia.

    "Durante oito anos a Rússia esteve ‘esmagando' o presidente Obama, foi ficando mais e mais forte, tomou a Crimeia e adicionou mísseis. Fraco!", escreveu Trump no Twitter, se referindo ao canal Fox News, onde este tema foi discutido.

    ​Anteriormente, fontes anônimas da Casa Branca disseram ao New York Times que Moscou está violando o Tratado de eliminação de mísseis de alcance intermediário e curto. Foi alegado que a Rússia instalou uma unidade de mísseis de cruzeiro "terra-terra". Em Moscou, estas declarações foram chamadas de infundadas, realçando que Washington, apesar de todos os pedidos, nunca forneceu fatos concretos em apoio das suas reclamações.

    ​Esta não é a primeira declaração forte de Trump para com o ex-presidente dos Estados Unidos. Assim, ele acusou Obama de grampos telefónicas no edifício Trump Tower durante a campanha eleitoral. Além disso, de acordo com Trump, o ex-presidente e pessoas de sua equipe podem estar envolvidos na organização de protestos e vazamentos de informações desacreditando a Casa Branca.

    Mais:

    Trump após lançamento de mísseis norte-coreanos: '100% com o Japão'
    Ex-procurador-geral dos EUA acredita que Trump tenha sofrido espionagem
    Tags:
    presidente, acordo, Trump Tower, The New York Times, Casa Branca, FOX News, Donald Trump, Barack Obama, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar