14:41 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    106
    Nos siga no

    Pelo menos 19 pessoas ficaram feridas na explosão de uma bomba contra um caminhão de polícia em Cúcuta, Colômbia, nesta quinta-feira (16).

    Segundo relata o portal Terra, o comandante da Polícia Metropolitana de Cúcuta, coronel Yesid Sierr Arango, informou que entre os feridos estão 17 oficiais e dois civis que estavam nas proximidades do local do atentado. Ele explicou que os policiais feridos, que formam parte do Esquadrão Móvel Antidistúrbios, foram transferidos para uma clínica da polícia e não correm risco de morte.

    As duas vítimas civis são um homem que vive perto do local da explosão e um motorista de táxi que estava atrás do caminhão atingido pela bomba.

    ​As autoridades locais ofereceram uma recompensa de cerca de 15.900 dólares por informações que possam identificar os autores.

    As possíveis razões para o ataque incluem uma retaliação pelas operações feitas pela polícia na cidade "para recuperar o espaço público", acrescentou o coronel Arango. No entanto, segundo ele, a autoria da explosão ainda não pode ser atribuída a nenhum grupo armado.

    Outra possibilidade envolveria um ataque de guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN). Tanto o ELN e quanto as FARC e um reduto do Exército de Libertação Popular (ELP) operam na cidade de Cúcuta. Também operam na área bandos de criminosos e traficantes de drogas, bem como grupos derivados das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC).

    Mais:

    Kerry parabeniza governo colombiano e FARC pelo acordo de paz
    Governo colombiano volta a se reunir com FARC após rejeição popular do acordo de paz
    Tags:
    narcotráfico, guerrilheiros, explosão, polícia, bomba, atentado, ELP, FARC, ELN, Colômbia, Cúcuta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar