13:53 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    75º aniversário da vitória sobre nazismo
    URL curta
    Por
    6382
    Nos siga no

    No épico de guerra "Eles Lutaram pela Pátria", conheceremos os dramas pessoais de soldados que lutaram na retaguarda, durante a ofensiva alemã sobre Stalingrado, em 1942.

    Baseado em romance do autor laureado com o Prêmio Nobel de Literatura, Mikhail Sholokhov, e dirigido por um dos principais diretores russos de todos os tempos, Sergei Bondarchuk, o filme "Eles Lutaram pela Pátria" é um clássico da cinematografia soviética.

    "A guerra chegou até nesse vilarejo, perdido nas estepes infinitas do rio Dom", narra Sholokhov, no início do romance "Eles Lutaram pela Pátria".

    No filme, os soldados vão para retaguarda, após sofrerem baixas significativas em batalha contra a Alemanha nazista. Ao chegarem a uma vila à beira do rio Dom, exaustos, são recebidos com frieza pelos camponeses, indignados por verem soldados soviéticos batendo em retirada.

    Neste épico, iremos conhecer a jornada de cada um dos soldados desse batalhão fragilizado e invencível.

    Senhora se recusa a dar sal para soldado de batalhão que foi obrigado a recuar durante batalha contra a Alemanha nazista, no filme Eles Lutaram pela Pátria
    © Sputnik /
    Senhora se recusa a dar sal para soldado de batalhão que foi obrigado a recuar durante batalha contra a Alemanha nazista, no filme "Eles Lutaram pela Pátria"

    De acordo com o cineasta, pesquisador e tradutor de russo, Luis Felipe Labaki, o filme, "feito para celebrar os 30 anos do Dia da Vitória", é um "grande épico de guerra, cujo elenco conta com diversas estrelas do cinema soviético".

    Apesar das cenas de ação de peso, "o filme está focado na relação entre os membros do batalhão e o drama pessoal de cada um deles", disse Labaki à Sputnik Brasil.

    "O filme contou com o apoio do Exército para ser produzido, porque se utiliza de equipamentos militares, como aviões e tanques, além de muitas toneladas de explosivos", revelou o cineasta. 

    Participantes de reconstrução do filme Eles Lutaram pela Pátria, durante festival de mesmo nome celebrado em Volgogrado, Rússia, 24 de setembro de 2019
    © Sputnik / Kirill Braga
    Participantes de reconstrução do filme "Eles Lutaram pela Pátria", durante festival de mesmo nome celebrado em Volgogrado, Rússia, 24 de setembro de 2019

    O diretor, Seguei Bondarchuk, laureado com o Globo de Ouro pela sua adaptação do clássico da literatura "Guerra e Paz", de Lev Tolstói, foi uma das "principais figuras da indústria de cinema soviético".

    Bondarchuk, que atou no papel principal de vários de seus filmes, "não protagoniza o papel principal em 'Eles Lutaram pela Pátria', mas um dos personagens mais frágeis do batalhão".

    "É um soldado que é atingido por fragmentos de uma mina e precisa ser retirado de uma cratera por uma menina que não aguenta o peso dele. Em suas últimas cenas, vemos o personagem desesperado, deitado em uma maca, enquanto os médicos tiram os estilhaços de sua carne", contou Labaki.

    Personagem de Sergei Bondarchuk, após ser ferido por estilhaço de mina, no filme Eles Lutaram pela Pátria
    © Sputnik / V. Kovalskiy
    Personagem de Sergei Bondarchuk, após ser ferido por estilhaço de mina, no filme "Eles Lutaram pela Pátria"

    Em sua agonia, o personagem de Bondarchuk passa uma "mensagem forte" e atípica para o público soviético da época.

    "Quando ele julga estar perto do fim, faz um monólogo, dizendo que a morte não diferencia entre membros e não membros do partido. Desesperado, ele faz o sinal da cruz", relatou Labaki.

    Labaki chama a atenção para o desempenho do ator Vasily Shukshin, que interpreta o soldado Nikolai Streltsov.

    "Na época, Shukshin era um diretor e escritor em ascensão. Estava há muitos anos tentando emplacar um projeto próprio: dirigir um épico sobre o personagem histórico russo Stenka Razin", contou Labaki.

    "Após anos tentando autorização para realizar o filme e se valer do apadrinhamento de Bondarchuk para consegui-lo, Shukshin recebe o sinal verde para iniciar as filmagens. Mas Bondarchuk insiste que ele participe do filme 'Eles Lutaram pela Pátria', dizendo não conceber outro ator que pudesse substituí-lo", relatou Labaki.

    Ator Vasily Shukshin dá risada durante as filmagens de Eles Lutaram pela Pátria, dirigido por Sergei Bondarchuk
    © Sputnik /
    Ator Vasily Shukshin dá risada durante as filmagens de "Eles Lutaram pela Pátria", dirigido por Sergei Bondarchuk

    "Shukshin é compelido a aceitar o papel, e durante os quatro meses de filmagem de 'Eles Lutaram pela Pátria' trabalha paralelamente pela realização de seu próprio, cujas filmagens deveriam começar logo em seguida."

    "Mas, já muito perto do fim das filmagens, em uma noite, Shukshin tem um ataque do coração e morre", contou Labaki. "A última cena de seu personagem é filmada no escuro, para que o espectador não veja que em cena está outro ator."

    "Shukshin estava finalmente conseguindo fazer o projeto da vida dele, e precisou pagar esse pedágio, que no fim das contas custou sua vida", contou Labaki.

    Ator Vasily Shukshin e sua esposa, a atriz Lidia Fedoseeva-Shukshina, contracenam em cena de Eles Lutaram pela Pátria
    © Sputnik /
    Ator Vasily Shukshin e sua esposa, a atriz Lidia Fedoseeva-Shukshina, contracenam em cena de "Eles Lutaram pela Pátria"

    Outro destaque do filme é Yuri Nikulin, conhecido do leitor da Sputnik Brasil por ser o protagonista da comédia "Braço de Diamante".

    "Nikulin representa um papel que não deixa de ser um alívio cômico no filme", afirmou Labaki. No entanto, ele revela para seus colegas ter ficado traumatizado com a experiência da guerra.

    Ator Yuri Nikulin (no centro) em cena do filme Eles Lutaram pela Pátria, de Sergei Bondarchuk
    © Sputnik /
    Ator Yuri Nikulin (no centro) em cena do filme "Eles Lutaram pela Pátria", de Sergei Bondarchuk

    "O personagem diz que 'está com uma doença na cabeça', assegurando que, apesar de ser mais velho, sua fragilidade no campo de batalha não é física", lembrou Labaki. "Não é só a dor de estar perdendo os amigos e seus entes queridos. É uma dor mais íntima." 

    Mas talvez o personagem mais importante do filme seja a paisagem das estepes do rio Dom "e os pores do sol maravilhosos" que embalam os traumas da guerra.

    "A batalha está sendo travada em uma pradaria muito bonita e ensolarada. Essa contradição potencializa o horror das cenas de batalha", disse Labaki.

    Após lutar bravamente para impedir a invasão alemã, os moradores do vilarejo se reconciliam com esse batalhão de soldados que havia sido forçado a recuar.

    • Monumento em homenagem aos personagens do filme Eles Lutaram pela Pátria, erguido na frente do Ministério da Defesa da Rússia, em Moscou
      Monumento em homenagem aos personagens do filme "Eles Lutaram pela Pátria", erguido na frente do Ministério da Defesa da Rússia, em Moscou
      © Sputnik / Natalia Seliverstova
    • Detalhe do monumento erguido em homenagem aos personagens do filme Eles Lutaram pela Pátria, na frente do Ministério da Defesa da Rússia, em Moscou
      Detalhe do monumento erguido em homenagem aos personagens do filme "Eles Lutaram pela Pátria", na frente do Ministério da Defesa da Rússia, em Moscou
      © Sputnik / Vadim Grishankin
    • Soldados russos durante cerimônia de inauguração do monumento em homenagem aos personagens do filme Eles Lutaram pela Pátria, em Moscou, 30 de novembro de 2016
      Soldados russos durante cerimônia de inauguração do monumento em homenagem aos personagens do filme "Eles Lutaram pela Pátria", em Moscou, 30 de novembro de 2016
    1 / 3
    © Sputnik / Natalia Seliverstova
    Monumento em homenagem aos personagens do filme "Eles Lutaram pela Pátria", erguido na frente do Ministério da Defesa da Rússia, em Moscou

    "Na cena final, há um discurso em homenagem aos nossos heróis perante a bandeira. Mas um dos personagens já não ouve os discursos patrióticos: perdeu a audição por uma explosão no front, e está com a orelha sangrando", concluiu Labaki.

    "Eles Lutaram pela Pátria" foi disponibilizado no Brasil pela primeira vez pelo projeto CPC-UMES Filmes, que, em parceria com os estúdios Mosfilm, reúne biblioteca completa de filmes russos e soviéticos legendados para o português.

    O filme ficará disponível somente nos dias 23 e 24 de maio, dia no qual a Rússia comemorar os 75 anos da vitória sobre os nazistas. Acesse aqui o filme "Eles Lutaram pela Pátria". A Sputnik Brasil traz uma série de reportagens especiais para relembrar os principais momentos da Segunda Guerra Mundial, a fim de garantir que ela jamais se repita. 

    Mais:

    Campos de concentração no Brasil mantiveram 'súditos do Eixo' durante 2ª Guerra Mundial
    Pesquisa: 11% dos norte-americanos dizem que EUA combateram contra a Rússia na 2ª Guerra Mundial
    'A guerra veio pelo mar': Marinha foi a força do Brasil que sofreu mais baixas na 2ª Guerra
    'Sua missão era morrer': brasileiro pracinha fez nazistas fugirem da Itália 'como ratos assustados'
    Defensoras da liberdade: história das enfermeiras brasileiras que lutaram na 2ª Guerra Mundial
    Tags:
    Stalingrado, cinema russo, cinema soviético, cultura russa, Dia da Vitória, Segunda Guerra Mundial
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar