Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ministro turco anuncia processo para normalizar laços diplomáticos com Israel

© AFP 2022 / Adem AltanO ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu (foto de arquivo)
O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 23.06.2022
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, anunciou que Ancara e Tel Aviv começaram a trabalhar para restaurar as relações diplomáticas entre os dois países.
Cavusoglu prometeu que, em breve, divulgará um cronograma para as embaixadas. Segundo ele, as nações já discutiram uma cooperação econômica mais profunda.
O ministro fez o anúncio após uma reunião, em território turco, com seu colega israelense, o ministro das Relações Exteriores Yair Lapid. Durante sua visita — a primeira em 16 anos de relações tensas entre os países —, Lapid revelou que os serviços de inteligência turcos combateram ataques terroristas contra cidadãos israelenses em Istambul, que, segundo ele, teriam sido promovidos pelo Irã.
"As vidas dos cidadãos israelenses foram salvas graças à segurança e cooperação diplomática entre Israel e Turquia", disse Lapid.
© AFP 2022 / Debbie HillO ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, fala durante uma coletiva de imprensa, em Jerusalém, em 24 de abril de 2022
O ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, fala durante uma coletiva de imprensa no Ministério das Relações Exteriores em Jerusalém, em 24 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 23.06.2022
O ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, fala durante uma coletiva de imprensa, em Jerusalém, em 24 de abril de 2022. Foto de arquivo
Recentemente, o Ministério das Relações Exteriores israelense pediu a cidadãos que deixassem a Turquia devido a supostas ameaças de ataques organizados pelo Irã. Teerã não respondeu às informações de que os serviços de segurança turcos prenderam iranianos que teriam planejado ataques a turistas e funcionários israelenses.
Embora a Turquia tenha sido um dos primeiros países de maioria muçulmana a estabelecer laços diplomáticos com Israel, em 1949, suas relações bilaterais se deterioraram nas últimas décadas.
Ancara condena as políticas israelenses em relação aos palestinos e sua tomada da Cisjordânia. Tel Aviv, por sua vez, critica a Turquia por seu apoio contínuo ao grupo Hamas, em conflito com Israel.
Drone turco TB2 Bayraktar - Sputnik Brasil, 1920, 23.06.2022
Pilotos ucranianos criticam drones dos EUA e Turquia, relata Foreign Policy
As relações azedaram de vez após o ataque israelense, em 2010, ao navio Mavi Marmara, que navegava sob bandeira turca. A ação, em águas internacionais, deixou nove mortos, incluindo oito cidadãos turcos.
A operação ocorreu como parte dos esforços de Tel Aviv para bloquear a frota chamada de "Flotilha da Liberdade", que transportava 750 pessoas, entre pacifistas ocidentais e de países muçulmanos, ativistas políticos e religiosos e dez mil toneladas de ajuda humanitária para a Faixa de Gaza.
Após o ataque, Ancara exigiu um pedido de desculpas, recusado por Tel Aviv. De acordo com decisão da ONU, o bloqueio à frota realizado por Israel violou o direito internacional, levando a Turquia a rebaixar os laços diplomáticos com Israel, em setembro de 2011.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала