Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Alguns aliados deram à Ucrânia quase todas as armas que tinham, diz enviada dos EUA à OTAN

© Foto / Public domain/U.S. Air Force/Mauricio CampinoCarregamento de ajuda militar à Ucrânia na base aérea de Dover, EUA
Carregamento de ajuda militar à Ucrânia na base aérea de Dover, EUA - Sputnik Brasil, 1920, 16.06.2022
Nos siga noTelegram
Os EUA e seus aliados enfrentam dificuldades no fornecimento de assistência militar a Kiev, uma vez que a lista de armas solicitadas pelo lado ucraniano muda constantemente e muitos países já esgotaram o limite de suas capacidades, disse Julianne Smith, a representante permanente dos EUA na OTAN.
"Temos que processar quase diariamente a lista de mudanças de requisitos que vêm de Kiev. Estamos recebendo um fluxo de pedidos. Discutimos com os aliados e tentamos determinar qual dos aliados pode reagir, quem está pronto para fornecer o quê. É complicado e difícil, porque os pedidos estão mudando constantemente", disse ela durante discurso organizado na plataforma do Centro para uma Nova Segurança Americana.
Smith acrescentou que alguns aliados dos EUA já "deram quase tudo que tinham". Segundo a representante americana na OTAN, os países começam a expressar preocupações pelo esgotamento de suas reservas e estão agora tentando determinar que assistência adicional poderiam prestar à Ucrânia.
Na terça-feira (14), a vice-ministra da Defesa da Ucrânia, Anna Malyar, disse que Kiev recebeu de países ocidentais apenas 10% das armas que precisava.
O centro de controle de operações do radar em Voronezh, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Panorama internacional
Sistemas de radar russos deixaram tropas ucranianas sem 'olhos' e 'ouvidos'
Ontem (15), o presidente norte-americano Joe Biden anunciou que os EUA vão fornecer mais US$ 1 bilhão (R$ 5,1 bilhões) em ajuda militar à Ucrânia para combater a Rússia.
Moscou já advertiu repetidamente aos países ocidentais contra o envio de armas à Ucrânia, argumentando que isso apenas perpetua o conflito, que os líderes ocidentais afirmam querer terminar o mais rápido possível.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала