Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ucrânia ameaça destruir ponte mais longa da Europa

© Sputnik / Site oficial da construção da Ponte da Crimeia / Abrir o banco de imagensPonte da Crimeia através do estreito de Kerch, que liga a península da Crimeia à região de Krasnodar, na Rússia
Ponte da Crimeia através do estreito de Kerch, que liga a península da Crimeia à região de Krasnodar, na Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Nos siga noTelegram
A Ucrânia deve atacar a ponte sobre o estreito de Kerch, que liga a Crimeia ao território russo, alertou general ucraniano.
Assim que receber as armas necessárias do Ocidente, a ponte da Crimeia será o "alvo número um" para armas ocidentais, disse o major-general ucraniano Dmitry Marchenko nesta quarta-feira (15), segundo informações da emissora RT.

"Como principal forma de envio de reservas, apenas temos que cortá-la. Assim que essa estrada for cortada, eles [russos] começarão a entrar em pânico", disse ele.

Os comentários de Marchenko reforçam que o lado ucraniano fará uma "contraofensiva" que, segundo ele, faria Kiev vitoriosa até o final do verão, desde que armas e munições suficientes cheguem dos EUA e de seus aliados da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).
© AP Photo / Mídia AssociadaUma vista da nova ponte sobre o Estreito de Kerch que liga a Península Taman da Rússia à Crimeia, após o início do tráfego regular, em Kerch, Crimeia, 16 de maio de 2018.
Uma vista da nova ponte sobre o Estreito de Kerch que liga a Península Taman da Rússia à Crimeia, após o início do tráfego regular, em Kerch, Crimeia, 16 de maio de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Uma vista da nova ponte sobre o Estreito de Kerch que liga a Península Taman da Rússia à Crimeia, após o início do tráfego regular, em Kerch, Crimeia, 16 de maio de 2018.. Foto de arquivo
Vale lembrar que, mais cedo, o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou US$ 1 bilhão (R$ 5,1 bilhões) em assistência militar, incluindo mísseis antinavio, foguetes de longo alcance e mais artilharia.
Enquanto Washington está enviando apenas quatro lançadores de foguetes HIMARS (que ainda não chegaram à Ucrânia), aliados da OTAN prometeram equipamentos compatíveis.
O chefe de política do Pentágono revelou na terça-feira (14) que os EUA fornecerão mísseis guiados com alcance de 70 quilômetros.
A ponte Kerch é a única maneira de chegar à Crimeia a partir do continente russo, e atualmente toda a costa do Mar Negro, de Kherson a Mariupol, está sob controle das forças russas e aliadas das repúblicas de Donbass.
Presidente russo, Vladimir Putin, em 20 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 06.06.2022
Panorama internacional
Bloomberg revela como Putin atingiu ponto fraco da Europa
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала