Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Biden anuncia oficialmente novo pacote de assistência militar à Ucrânia

© AFP 2022 / SAUL LOEBO presidente dos EUA, Joe Biden, fala em cerimônia de mudança de comando da Guarda Costeira dos EUA (USCG, na sigla em inglês) na sede da USCG em Washington, DC, em 1º de junho de 2022
O presidente dos EUA, Joe Biden, fala em cerimônia de mudança de comando da Guarda Costeira dos EUA (USCG, na sigla em inglês) na sede da USCG em Washington, DC, em 1º de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.06.2022
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira (1º) um novo pacote de assistência militar à Ucrânia, que inclui Sistema de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade M142 (HIMARS, na sigla em inglês).

"Hoje, estou anunciando um novo pacote significativo de assistência à segurança para fornecer ajuda oportuna e crítica aos militares ucranianos", disse Biden em comunicado. "Este novo pacote irá armá-los com novas capacidades e armamento avançado, incluindo HIMARS com munições de combate, para defender seu território dos avanços russos".

De acordo com o Pentágono, o novo pacote de ajuda militar dos EUA à Ucrânia inclui armas antiblindagem, pacotes de munição calibre 155 mm, além de 1.000 mísseis antitanque Javelin, e helicópteros Mi-17, anunciou o vice-assistente do secretário de Defesa dos EUA, Todd Breasseale.

"As capacidades deste pacote incluem sistemas de foguetes de artilharia de alta mobilidade e munição; cinco radares de contra-artilharia; dois radares de vigilância aérea; 1.000 Javelins e 50 unidades de lançamento de comando; 6.000 armas antiblindagem, 15.000 munições de artilharia de 155 mm; quatro helicópteros Mi-17; 15 veículos táticos; peças de reposição e equipamentos", disse Breasseale.

Blindado Piranha na praia de Itaoca (ES) durante Operação Atlântico - Sputnik Brasil, 1920, 01.06.2022
Suíça proíbe Dinamarca de entregar veículos blindados à Ucrânia, diz mídia
Ainda sobre o envio de HIMARS para a Ucrânia, Pentágono afirma não descartar novos envios já que resposta de Kiev em relação à utilidade do sistema foi positiva.
Em meio à operação militar especial russa na Ucrânia, Washington e seus parceiros continuam enviando armas a Kiev.
No último dia 9 de maio, o presidente Joe Biden sancionou uma lei que facilita a ajuda militar à Ucrânia. Já no último dia 19, do mesmo mês, o presidente norte-americano anunciou que estava autorizando outros US$ 100 milhões (R$ 488,4 milhões) em assistência militar ao país.
Moscou tem afirmado repetidamente que as entregas de armamento apenas prorrogam o conflito, enquanto os meios de transporte dessas remessas são "um alvo legítimo" para as tropas russas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала