Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Canadá proíbe produtos e serviços das chinesas Huawei e ZTE

© AFP 2022Logotipo da Huawei em loja de Shenzhen, China, 31 de maio de 2021
Logotipo da Huawei em loja de Shenzhen, China, 31 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 20.05.2022
Nos siga noTelegram
O governo do Canadá declarou que passou a proibir a atividade econômica das empresas chinesas Huawei e ZTE nas telecomunicações canadenses, citando supostos perigos de espionagem.
Ottawa baniu os produtos e serviços das empresas chinesas Huawei e ZTE, anunciou na quinta-feira (19) François-Philippe Champagne, ministro da Inovação, Ciência e Indústria do Canadá.
"Hoje o governo do Canadá está garantindo a segurança de longo prazo da nossa infraestrutura de telecomunicações. Como parte disso, o governo pretende proibir a inclusão de produtos e serviços da Huawei e ZTE nos sistemas de telecomunicações do Canadá", disse ele em um comunicado do governo canadense.
Champagne sublinhou que a decisão foi tomada após uma consulta exaustiva com as agências de segurança independentes e os aliados próximos do Canadá.
Em Pequim, uma mulher caminha em frente a um anúncio da China Unicom, empresa chinesa estatal de telecomunicações, em 17 de agosto de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 28.01.2022
Panorama internacional
'Segurança nacional': operação de empresa de telecomunicação chinesa é revogada nos EUA
"Como resultado, as empresas de telecomunicações que operam no Canadá já não terão permissão para usar o equipamento ou serviços fornecidos pela Huawei e ZTE. Além disso, as companhias que já usam este equipamento instalado nas suas redes serão obrigadas a terminar seu uso e removê-lo", indicou o ministro.
"O governo pretende implementar estas medidas como parte de uma agenda mais ampla de promoção da segurança das redes de telecomunicações, e em consultas com a indústria.
A decisão torna o Canadá o quinto e último membro do grupo de compartilhamento de inteligência Cinco Olhos a banir ou restringir o acesso da Huawei às redes de 5G do país por preocupações de suposta espionagem, após passos semelhantes na Austrália, EUA, Nova Zelândia e Reino Unido.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала