Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Com EUA na presidência, Conselho de Segurança da ONU marca reunião sobre a Ucrânia

© AP Photo / John MinchilloReunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas em 19 de abril de 2022, na sede da organização, em Nova York.
Reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas em 19 de abril de 2022, na sede da organização, em Nova York. - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2022
Nos siga noTelegram
O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) fará uma reunião sobre a situação na Ucrânia na próxima quinta-feira (5), no mês em que os Estados Unidos presidem o órgão.
A informação sobre o encontro passou a constar no novo cronograma de trabalho do conselho para maio.
Mais cedo, a embaixadora britânica na ONU, Barbara Woodward, afirmou que nesta semana o Conselho de Segurança discutirá a recente visita do secretário-geral da ONU, António Guterres, a Moscou e Kiev, assim como um suposto ataque de mísseis à fábrica de Artem quando o diplomata estava na capital ucraniana.
A visita de Guterres à Rússia e à Ucrânia teve o objetivo de discutir esforços em questões humanitárias para pôr fim ao conflito.
Em encontro com Sergei Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia, o secretário-geral disse que a ONU está interessada em "criar todas as condições para um diálogo eficaz [sobre a Ucrânia], um cessar-fogo mais rápido e uma solução pacífica".

"Hoje estamos observando uma situação difícil na Ucrânia e temos diferentes interpretações do que está acontecendo lá. Mas isso não restringe a possibilidade de um diálogo sério", disse Guterres na ocasião.

© Sputnik / Aleksei FilippovMinistro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov (à direita), e o secretário-geral da ONU, António Guterres, durante reunião em Moscou.
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov (à direita), e o secretário-geral da ONU, António Guterres, durante reunião em Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2022
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov (à direita), e o secretário-geral da ONU, António Guterres, durante reunião em Moscou.
Na última quarta-feira (27), a Rússia informou que faria uma reunião informal do Conselho de Segurança da ONU em 6 de maio, sexta-feira, para apresentar informações em primeira mão sobre a situação na Ucrânia. O anúncio foi feito por Sergei Leonidchenko, consultor jurídico sênior da missão da Rússia nas Nações Unidas.

"Se quiserem saber a verdade sobre a situação real em campo, venham para nossa reunião em 6 de maio. Planejamos dar a palavra a algumas vozes independentes que trabalham na linha de frente para demonstrar fatos, não falsificações", declarou Leonidchenko durante uma reunião das Nações Unidas que abordou crimes de guerra na Ucrânia.

Trabalhadores descarregam carga de um avião Airbus A350-1000 que transporta máscaras faciais da China para a Europa, no Aeroporto de Toulouse-Blagnac em Blagnac, sul da França, onde está localizada a sede da Airbus, em 5 de abril de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2022
Panorama internacional
Parlamento da UE demonstra preocupação com 'impacto severo' das sanções contra Rússia na aviação
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала