Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Taiwan realiza treinamento simulando ataque da China a usina nuclear (FOTO)

© Foto / Pixabay / fietzfotosUsina nuclear (imagem referencial)
Usina nuclear (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 07.04.2022
Nos siga noTelegram
As autoridades taiwanesas organizaram um exercício que reuniu cerca de 500 pessoas, incluindo policiais, bombeiros e voluntários.
O governo de Taiwan realizou nesta quinta-feira (7) um exercício no estado de Pingtung, na região sul do país, simulando um ataque da China a uma usina nuclear.
O cenário criado durante o treinamento foi de resposta a uma investida com mísseis a prédios e também a uma das duas usinas nucleares de Taiwan, que fica justamente no estado de Pingtung.
Cerca de 500 pessoas foram envolvidas na ação, incluindo policiais, bombeiros, funcionários da usina e voluntários.
Os participantes que estavam na área urbana tiveram que apagar incêndios e transportar feridos. Já os funcionários da usina nuclear colocaram em prática os procedimentos de segurança envolvendo o vazamento de substâncias radioativas.
De acordo com reportagem da NHK, as autoridades de Taiwan organizaram o treinamento após observarem a situação na usina de Chernobyl, na Ucrânia, durante a operação militar especial da Rússia. A NHK também informou que outras cidades taiwanesas estão se preparando para realizar exercícios semelhantes.
Nos últimos dois anos, a China vem pressionando Taipé e possivelmente aumentando sua presença militar na região do estreito de Taiwan.
Saída do túnel Hsuehshan, de 12,9 quilômetros de extensão, em Taiwan - Sputnik Brasil, 1920, 05.04.2022
Panorama internacional
Taiwan estuda uso de túnel como bunker emergencial durante possível guerra com China, diz mídia
Taiwan é um território autogovernado e, nos anos 1970, a ONU passou a reconhecer a República Popular da China como a única representante legítima da China. Pequim declara que é apenas uma questão de tempo até que Taipé se reunifique com a China continental e que se trata de uma questão interna do país.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала