Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Taiwan estuda uso de túnel como bunker emergencial durante possível guerra com China, diz mídia

© AFP 2022 / STRSaída do túnel Hsuehshan, de 12,9 quilômetros de extensão, em Taiwan
Saída do túnel Hsuehshan, de 12,9 quilômetros de extensão, em Taiwan - Sputnik Brasil, 1920, 05.04.2022
Nos siga noTelegram
O túnel Hsuehshan é visto como o melhor candidato pelo Exército taiwanês para sediar um centro de comando alternativo em caso da perda do Centro de Comando Militar de Hengshan.
A estrutura se estende por 12,9 quilômetros e fica na região nordeste de Taiwan. De acordo com reportagem do South China Morning Post (SCMP), o túnel Hsuehshan funcionaria perfeitamente como centro de comando alternativo em razão de estar protegido por uma cadeia de montanhas e ter uma robusta estrutura de ventilação.

Em vista a operação da Rússia na Ucrânia, "os militares reavaliaram a sustentabilidade de vários de seus centros de comando de operações subterrâneos no caso de um primeiro ataque do inimigo", disse o United Daily News de Taipé, citado pelo SCMP.

Segundo o SCMP, as unidades de comunicação e informação dos militares já começaram a instalar equipamentos no túnel. A previsão é que durante os exercícios anuais de Han Kuang, em que as forças de defesa da ilha realizam simulações para preparar Taiwan para um potencial ataque chinês, os militares testem a eficácia do centro de Hsuehshan em situação de combate.
Navios militares de Taiwan  - Sputnik Brasil, 1920, 15.09.2021
Taiwan realiza treinamento militar em preparação para eventual guerra com China (FOTOS)
O porta-voz do Ministério da Defesa de Taiwan, Sun Li-fang, não confirmou nem negou os relatos da mídia local. No entanto, ele disse que o Exército vai analisar todas as possíveis ameaças e levar em consideração todas as possibilidades, incluindo as instalações militares ao redor do país.
Nos últimos dois anos a China vem pressionando Taipé e aumentando sua presença militar na região do estreito de Taiwan.
Taiwan é um território autogovernado e, nos anos 1970, a ONU passou a reconhecer a República Popular da China como a única representante legítima da China. Pequim declara que é apenas uma questão de tempo até que Taipé se reunifique com a China continental e que se trata de uma questão interna do país.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала