Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Turquia pedirá à Arábia Saudita os resultados do julgamento do assassinato de Khashoggi, diz jornal

© AP Photo / Lefteris PitarakisUm policial turco passa por uma foto do jornalista saudita Jamal Khashoggi antes de uma cerimônia, perto do consulado da Arábia Saudita em Istambul, marcando o aniversário de um ano de sua morte, no dia 2 de outubro de 2019
Um policial turco passa por uma foto do jornalista saudita Jamal Khashoggi antes de uma cerimônia, perto do consulado da Arábia Saudita em Istambul, marcando o aniversário de um ano de sua morte, no dia 2 de outubro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 23.11.2021
Nos siga no
A Justiça turca vai pedir à Arábia Saudita que informe sobre os resultados do julgamento do assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, ocorrido em um consulado saudita na Turquia em 2018.
De acordo com a informação, divulgada pelo jornal turco Hurriyet, nesta terça-feira (23), a Turquia enviará uma carta à Arábia Saudita, questionando se a justiça do país chegou a uma decisão final sobre os acusados, de modo que estes não recebam dupla condenação, já que há um processo sobre o caso em curso em solo turco.
A solicitação será realizada através do Ministério da Justiça e do Ministério das Relações Exteriores da Turquia.
A justiça turca está julgando 26 sauditas por diversas acusações relacionadas ao assassinato do jornalista, incluindo dois ex-assessores do príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman.
Em 22 de novembro, a organização internacional Repórteres Sem Fronteiras pediu às autoridades turcas que levassem à justiça todos os implicados no assassinato e impedissem a impunidade.
Jamal Khashoggi - Sputnik Brasil, 1920, 23.11.2021
Jamal Khashoggi. Foto de arquivo
Khashoggi, colunista saudita do The Washington Post, desapareceu em 2018 depois de entrar no consulado de seu país em Istambul.
Inicialmente, a Arábia Saudita negou ter conhecimento do paradeiro do jornalista, mas acabou admitindo que ele foi morto e esquartejado dentro do consulado.
A inteligência dos Estados Unidos afirma que o príncipe herdeiro saudita teve envolvimento no assassinato do jornalista. A acusação é rejeitada pelo governo do país árabe.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала