Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

RFPI: FDA autoriza mix de doses de reforço confirmando 'coquetel de vacinas' liderado por Sputnik V

© Sputnik / Yevgeny Odinokov / Abrir o banco de imagensEnfermeira prepara dose da Sputnik V para aplicação em Moscou, na Rússia.
Enfermeira prepara dose da Sputnik V para aplicação em Moscou, na Rússia. - Sputnik Brasil, 1920, 22.10.2021
Nos siga no
Em 20 de outubro, a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) dos EUA autorizou as vacinas da Moderna e Johnson & Johnson como doses de reforço e apoiou o método chamado "misturar e combinar", permitindo aos norte-americanos receber como doses de reforço imunizantes diferentes de suas vacinas inicialmente administradas.
O diretor executivo do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo), Kirill Dmitriev, reiterou em um comunicado de imprensa lançado nesta quinta-feira (21) que a Rússia "assumiu a liderança no uso do método de coquetel de vacinas", em reposta à decisão recente da FDA de permitir misturar vacinas a fim de fornecer a proteção máxima contra a COVID-19 para os americanos.
A Sputnik V "foi também a primeira a propor uma parceria sobre vacinas a outros fabricantes", disse Dmitriev, afirmando que "os ensaios clínicos de combinações do primeiro componente da Sputnik V (a vacina Sputnik Light de uma dose) com outras vacinas estão sendo realizados com sucesso em todo o mundo".
Segundo o comunicado do RFPI, a decisão acima mencionada da FDA de permitir "misturar e combinar" as doses de reforço contra o coronavírus é "mais uma confirmação da eficácia do método de coquetel de vacinas que está na base da Sputnik V" que "reforça e prolonga a resposta imune, aumenta a eficácia do imunizante contra novas mutações e fornece flexibilidade para os esforços de vacinação em todo o mundo".
Dmitriev também afirmou que os fortes resultados de segurança e imunogenicidade demostrados por Sputnik Light em estudos conjuntos tornam essa vacina "um reforço universal e uma das melhores soluções para revacinação dos indivíduos que antes tomaram um outro imunizante".
Com eficácia geral de cerca de 91,4%, a Sputnik V também demostrou eficácia de 83% contra as infecções com a variante Delta do coronavírus e eficácia de 94% contra hospitalização.
A Sputnik Light de uma dose também mostrou uma eficácia alta, tanto administrada sozinha como em combinação com outros imunizantes.
Quando administrada sozinha, a Sputnik Light mostrou eficácia de 70% contra a cepa Delta durante os primeiros três meses após imunização, de acordo com um estudo do Centro Gamaleya com base em dados de 28.000 participantes em Moscou.
O Fundo Russo de Investimentos Diretos é um fundo de riqueza soberana criado pelo governo russo em 2011 a fim de fazer coinvestimentos em capital próprio junto com investidores financeiros e estratégicos de reputação internacional, principalmente na Rússia.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала