- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil ultrapassa 456 mil mortes por COVID-19, segundo boletim do CONASS

© AFP 2022 / Michael Dantas Homem chora ao lado de túmulo de parente vítima da COVID-19, em Manaus, 9 de maio de 2021
Homem chora ao lado de túmulo de parente vítima da COVID-19, em Manaus, 9 de maio de 2021  - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2021
Nos siga noTelegram
O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) informou nesta quinta-feira (27) que o Brasil somou 2.245 mortes relacionadas à COVID-19 e 67.467 casos da doença nas últimas 24 horas.

Com os números apresentados hoje (27), o Brasil soma um total de 456.674 óbitos acumulados desde o início da pandemia de COVID-19. Além disso, o país já tem quase 16,5 milhões de casos confirmados. 

Por sua vez, a média móvel de óbitos dos últimos sete dias ficou em 1.797, a menor desde o dia 12 de março, enquanto a média móvel de casos permanece estável, com 64.010.

São Paulo é o estado que registra o maior número de mortes, com 109.850, e casos, com 3.239.657. O Rio de Janeiro, por sua vez, tem a segunda pior taxa de óbitos, com 50.125, enquanto Minas Gerais ocupa a segunda posição em números de casos, com mais de 1,5 milhão.

© REUTERS / Ricardo MoraesFuncionário de saúde aplica dose da vacina AstraZeneca durante campanha para imunização de população de rua no Rio de Janeiro
Brasil ultrapassa 456 mil mortes por COVID-19, segundo boletim do CONASS - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2021
Funcionário de saúde aplica dose da vacina AstraZeneca durante campanha para imunização de população de rua no Rio de Janeiro

Vacinação

Segundo o levantamento realizado pelo consórcio de veículos de imprensa, que reúne alguns dos principais meios de comunicação do país, o Brasil já vacinou 43.936.007 de pessoas com a primeira dose de vacinas anti-COVID-19, o que equivale a 20,75% da população do país, enquanto 21.634.953 (10,22%) já foram completamente imunizadas com as duas injeções. No total, mais 65,5 milhões de doses já foram aplicadas no país desde janeiro.

Em números absolutos, São Paulo lidera o ranking com 16,6 milhões de vacinas aplicadas, seguido por Minas Gerais, com cerca de sete milhões, Rio Grande do Sul (4.498.631), Bahia (4.754.136) e Rio de Janeiro (4.448.106).

Já em termos percentuais, o Mato Grosso do Sul lidera o ranking da primeira dose, com 27,09% da população, enquanto o Rio Grande do Sul tem o maior percentual de pessoas com a imunização completa, 12,68%.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала