Google é multado pela Itália em mais de € 100 milhões por abuso de posição dominante no mercado

© AFP 2022 / Damien MeyerPágina do Google em tablet (foto de arquivo)
Página do Google em tablet (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 13.05.2021
Nos siga noTelegram
A Autoridade Garantidora da Concorrência e do Mercado da Itália multou a Google por abuso de posição dominante no mercado, acusando-a de restrições do aplicativo Enel X no sistema Android Auto.

A Autoridade Garantidora da Concorrência e do Mercado da Itália impôs uma multa de mais de € 100 milhões (aproximadamente R$ 640 milhões) à corporação tecnológica Google por abuso de posição dominante no mercado, de acordo com o comunicado.

"Autoridade Garantidora da Concorrência e do Mercado da Itália impôs uma multa de mais de € 100 milhões (102.084.433,91) às empresas Alphabet Inc., Google LLC e Google Italy S.r.l. por violação do Artigo 102 do Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia", segundo o órgão.

O serviço antimonopólio italiano também obrigou Google a incluir o aplicativo Enel X, para uso dos serviços de carregamento de veículos elétricos, em Android Auto. Segundo os dados da instituição italiana, a corporação norte-americana "não deixou a empresa Enel X Italia desenvolver a versão de seu aplicativo JuicePass, compatível com o Android Auto".

A autoridade antimonopólio afirmou que Google "limitou injustamente as possibilidades de os consumidores usarem o aplicativo Enel X Italia quando estão dirigindo um veículo elétrico e precisam de o carregar".

Serviço antimonopólio da Itália destacou que a corporação norte-americana ocupa uma posição dominante, graças ao sistema Android e à loja Google Play, controlando o acesso dos desenvolvedores dos aplicativos aos usuários.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала