- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lista do governo Bolsonaro para CPI da Covid é maior que a da oposição, diz portal

© Foto / Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilPresidente da República, Jair Bolsonaro, participa da cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, no dia 8 de abril de 2021
Presidente da República, Jair Bolsonaro, participa da cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, no dia 8 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.04.2021
Nos siga noTelegram
A lista elaborada pela Casa Civil para defender o governo de Jair Bolsonaro das acusações de negligência na pandemia é maior que a quantidade de acusações do documento da oposição para a CPI da Covid.

A informação foi publicada, na manhã desta segunda-feira (26), pelo Blog do Octavio Guedes, do portal G1.

O documento do governo, de acordo com o jornalista, aponta 23 possíveis incriminações, contra 18 do roteiro da oposição, feito pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), que será vice-presidente da CPI.

Com isso, alguns temas que ainda não estavam no radar da oposição deverão ser pautados na comissão devido às sugestões do governo, como o genocídio de populações indígenas, a militarização do Ministério da Saúde e o descumprimento de orientações do Tribunal de Contas da União (TCU).

Em uma delas, o documento ressalta a necessidade de o governo coordenar a aplicação de recursos federais.

© Foto / Marcelo Camargo/Agência BrasilO senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) durante sessão do Conselho de Ética do Senado.
Lista do governo Bolsonaro para CPI da Covid é maior que a da oposição, diz portal - Sputnik Brasil, 1920, 26.04.2021
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) durante sessão do Conselho de Ética do Senado.

Além disso, o texto contribuirá para a convocação do ministro da Economia, Paulo Guedes, pois inclui dois pontos ligados à pasta que não constam nas sugestões da CPI: um sobre o Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte) e outro referente ao pagamento do auxílio emergencial.

"É uma grata surpresa saber que a CPI ainda nem começou e já tem delação premiada. Aliás, delação precoce, para ficar em linha com a atuação do governo neste campo", disse o senador Randolfe Rodrigues a pessoas próximas, de acordo com o blog.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала