Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Faixa etária de 20 a 29 anos tem maior aumento de mortes por COVID-19, aponta Fiocruz

© REUTERS / Ricardo MoraesPessoas em frente ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, no Rio de Janeiro, no Brasil, no dia 15 de abril de 2021
Pessoas em frente ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, no Rio de Janeiro, no Brasil, no dia 15 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 23.04.2021
Nos siga no
A faixa etária dos jovens entre 20 e 29 anos é a que teve o maior aumento de mortes por COVID-19 no começo de abril em relação ao início do ano, informou a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), nesta sexta-feira (23).

No levantamento, a entidade aponta que houve um crescimento substancial do número de óbitos em todas as faixas de idade. Mas a dos mais jovens foi a que registrou a maior variação, com 1.081,82% mais mortes, conforme noticiou o G1.

O segundo maior aumento ocorreu entre 40 e 49 anos, com alta de 933,33% nos óbitos pela doença.

Entre 30 a 39 anos, o crescimento foi de 818,60%. E nas faixas de 50 a 59 e de 60 a 69, a variação foi, respectivamente, de 845,21% e 571,52%.

Os dados foram coletados pela Fiocruz entre os dias 4 e 10 de abril e comparados com os registros de 3 a 9 de janeiro.

© Folhapress / A7 PressA Fiocruz trabalha na produção de vacinas de Oxford/AstraZeneca contra a COVID-19
Faixa etária de 20 a 29 anos tem maior aumento de mortes por COVID-19, aponta Fiocruz - Sputnik Brasil, 1920, 23.04.2021
A Fiocruz trabalha na produção de vacinas de Oxford/AstraZeneca contra a COVID-19

Em números absolutos, a quantidade de mortes na faixa de 20 a 29 anos subiu de 11 para 130.

Considerando todas as faixas etárias ao longo do ano, o aumento global de mortes por COVID-19 foi de 429,47%.

Até esta sexta-feira (23), o Brasil já registrou 386.623 mortes pela doença desde o início da pandemia. Ao todo, o país tem 14.238.110 de casos confirmados.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала