Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA afirmam que qualquer abordagem à Coreia do Norte deve ser realizada em 'sintonia' com aliados

© AP Photo / Hau DinhBandeiras da Coreia do Norte e EUA
Bandeiras da Coreia do Norte e EUA - Sputnik Brasil, 1920, 02.04.2021
Nos siga no
Desnuclearização permanecerá no centro da política norte-americana sobre a Coreia do Norte e qualquer abordagem a Pyongyang deve ser realizada em 'sintonia' com os aliados, incluindo Japão e Coreia do Sul, revelou o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA.

Na quinta-feira (1º), o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, fez comentários durante seu briefing regular antes de uma reunião entre o conselheiro de Segurança Nacional norte-americana, Jake Sullivan, e seus homólogos do Japão e da Coreia do Sul, enquanto a administração do presidente Joe Biden conclui a revisão de sua política em relação à Coreia do Norte.

"Não gostaria de antecipar conclusões de qualquer revisão em curso, mas podemos afirmar que desnuclearização permanecerá no centro da política norte-americana sobre a Coreia do Norte", afirmou Price, citado pela agência Reuters.

Além disso, o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA declarou que qualquer atitude em relação a Pyongyang deve estar acordada com os aliados.

"Também sabemos que qualquer abordagem à Coreia do Norte, para ser eficaz, será aquela que realizaremos em sintonia com nossos aliados próximos, incluindo, neste caso, nossos aliados do tratado, o Japão e a Coreia do Sul", segundo Price.

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA se encontrará com seu homólogo japonês, Shigeru Kitamura, e o sul-coreano, Suh Hoon, na Academia Naval dos Estados Unidos em Annapolis nesta sexta-feira (2).

Price disse que a reunião seria uma oportunidade de compartilhar "onde estamos em termos de nossa revisão" e para eles compartilharem suas perspectivas.

Anteriormente, em 25 de março, Joe Biden disse durante sua primeira entrevista coletiva desde que assumiu o cargo que está disposto a fazer "alguma forma de diplomacia" com a Coreia do Norte. No entanto, Biden adicionou "responder de acordo" no caso de Pyongyang escolher agravar a situação. Nesta segunda-feira (29), a Casa Branca informou que Biden não pretende encontrar-se com o líder norte-coreano Kim Jong-un.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала