Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Mentiras e desinformação': China sanciona empresas do Reino Unido

© AFP 2021 / DAMIR SAGOLJUm membro da equipe de pé atrás de bandeiras enquanto os oficiais chegam para a Mesa Redonda de Serviços Financeiros de Alto Nível Reino Unido-China no prédio da sede do Banco da China em Pequim (arquivo).
Um membro da equipe de pé atrás de bandeiras enquanto os oficiais chegam para a Mesa Redonda de Serviços Financeiros de Alto Nível Reino Unido-China no prédio da sede do Banco da China em Pequim (arquivo). - Sputnik Brasil, 1920, 25.03.2021
Nos siga no
A China sancionou empresas e parlamentares do Reino Unido nesta quinta-feira (25) em função do que chamou de "mentiras e desinformação" espalhadas sobre supostas violações dos direitos humanos na região autônoma de Xinjiang.

O Ministério das Relações Exteriores chinês disse em um comunicado que sancionou quatro entidades e nove indivíduos, incluindo o ex-líder do Partido Conservador, Iain Duncan Smith, e "outros parlamentares que espalharam mentiras e rumores sobre a região de Xinjiang".

​China anuncia sanções para relevantes indivíduos e entidades do Reino Unido.

"Os indivíduos em causa e os seus familiares imediatos estão proibidos de entrar" na China, em Hong Kong e em Macau, diz o comunicado. Em seguida, o texto afirma: "Suas propriedades na China serão congeladas e os cidadãos e instituições chinesas serão proibidos de fazer negócios com eles". 

A China está firmemente determinada a salvaguardar sua soberania nacional, segurança e interesses de desenvolvimento, e avisa o Reino Unido para não ir mais longe no caminho errado", disse o ministério chinês. "Caso contrário, a China fará resolutamente novas reações".

Pequim se posicionou após restrições dos EUA, Canadá e Reino Unido contra supostas violações dos direitos humanos em Xinjiang. Autoridades chinesas alegam que questões são relacionadas à violência, terrorismo e separatismo.

© AP Photo / Ng Han GuanPorta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying
'Mentiras e desinformação': China sanciona empresas do Reino Unido - Sputnik Brasil, 1920, 25.03.2021
Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала