Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Assassino da Força Aérea': mídia americana explica por que sistemas russos S-400 são tão perigosos

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensSistema de mísseis antiaéreos S-400 Triumph em funcionamento
Sistema de mísseis antiaéreos S-400 Triumph em funcionamento - Sputnik Brasil, 1920, 19.03.2021
Nos siga no
O portal norte-americano 19FortyFive nomeou as razões que tornam os sistemas antimísseis russos S-400 Triumf "mortíferos".

De acordo com publicação, os sistemas russos S-400, designados pelo portal por "assassinos de Força Aérea", são destinados "a destruir aeronaves, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos, podendo também ser utilizados contra instalações terrestres".

O portal indicou que "seus mísseis podem também atingir alvos a uma distância de até 400 quilômetros e a uma altitude de até 30 quilômetros sob intenso fogo inimigo".

O 19FortyFive relembra ainda que, apesar de ameaças norte-americanas de imporem sanções aos países que comprem o equipamento, muitas nações expressaram interesse no sistema. Países como a Índia, Arábia Saudita e Turquia já assinaram acordos de compra com a Rússia.

© Sputnik / Aleksandr VilfSistema antiaéreo S-400 durante um desfile militar em Moscou
'Assassino da Força Aérea': mídia americana explica por que sistemas russos S-400 são tão perigosos - Sputnik Brasil, 1920, 19.03.2021
Sistema antiaéreo S-400 durante um desfile militar em Moscou

Mais do que isso, nota o autor do artigo, o referido sistema antimíssil é utilizado pela Rússia como instrumento de guerra econômica e híbrida contra os Estados Unidos e a Aliança Atlântica, uma vez que Ancara comprou o sistema S-400 Triumf. O portal afirma que a compra "causou discórdia com a Turquia, um parceiro-chave da OTAN".

Recentemente, maior distrito militar da Rússia, o Distrito Militar Central, colocou em serviço ativo o Fundament-M, um novo sistema de comando e controle de defesa aérea que permite interconectar os mais recentes sistemas de mísseis (S-400 e Pantsir) e de radar em tempo real por todo o país, criando uma 'cúpula de ferro' sobre a Rússia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала