- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Colapso na saúde: SC e MG passam a transferir pacientes com COVID-19

© Folhapress / L.AdolfoPacientes com COVID-19 desembarcaram do avião Pégasus 16, da Polícia Militar de Minas Gerais, no aeroporto de Uberaba, no triângulo mineiro, e são encaminhados para hospital regional
Pacientes com COVID-19 desembarcaram do avião Pégasus 16, da Polícia Militar de Minas Gerais, no aeroporto de Uberaba, no triângulo mineiro, e são encaminhados para hospital regional - Sputnik Brasil, 1920, 02.03.2021
Nos siga noTelegram
Com a lotação de UTIs devido à pandemia do coronavírus, Santa Catarina e Minas Gerais começaram a transferir pacientes para outros estados. 

O mesmo ocorreu em Manaus quando o sistema de saúde local entrou em colapso devido à falta de oxigênio para pacientes com COVID-19. 

Agora, diversas cidades brasileiras apresentam alta de casos da doença, o que tem deixado os hospitais lotados e com fila de espera em algumas UTIs. 

Em Minas Gerais, o quadro mais grave ocorre em municípios do interior. A piora ocorre após flexibilizações das restrições e festas de fim de ano e Carnaval. Além disso, variantes do coronavírus que circulam pelo país são, segundo especialistas, mais transmissíveis. 

Número de mortes saltou em MG

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, em novembro do ano passado houve 1.026 mortes pela COVID-19 no estado. Em fevereiro de 2021, o número saltou para 3.505. 

Com a saturação de hospitais, diversos municípios mineiros pediram socorro. Entre 5 e 21 de fevereiro, 295 pacientes, principalmente da região do Triângulo Mineiro e de Alto Parnaíba, foram transferidos entre cidades do estado. 

Em Uberaba, que tem 100% de taxa de ocupação de UTIs em unidades privadas e 60% em públicas, cinco pessoas foram transferidas para hospitais de São Paulo, em Ribeirão Preto e Franca. 

Recorde de internados em SC

Em Santa Catarina, com recorde de pessoas internadas e fila de espera de mais de 200 pessoas, 16 pacientes com COVID-19 serão levados para UTIs do Espírito Santo. É a primeira vez que isso ocorre no estado desde o início da pandemia. 

A Secretaria de Saúde informou que os pacientes serão transferidos de Chapecó para uma unidade na região metropolitana de Vitória. 

O transporte será feito ao longo desta terça-feira (2) por aviões do Batalhão de Operações de Aéreas (BOA) e uma empresa terceirizada contratada. No Espírito Santo, a ocupação de leitos de UTI é de 75,65%. Em janeiro, o estado recebeu 36 pacientes vindos de Manaus.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала