Documentos mostram que EUA criaram patente para 'arma de modificação do espaço-tempo', diz mídia

© AP Photo / Luca BrunoOficial do Corpo do Marinha dos EUA durante cerimônia de hasteamento da bandeira na abertura oficial do Dia Nacional dos EUA na Itália (imagem de arquivo)
Oficial do Corpo do Marinha dos EUA durante cerimônia de hasteamento da bandeira na abertura oficial do Dia Nacional dos EUA na Itália (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Autor do projeto, cientista da Divisão de Aeronaves do Centro de Guerra Aérea Naval dos EUA, é famoso por produzir patentes inusitadas, como uma aeronave que se assemelha a um OVNI.

Uma "arma de modificação do espaço-tempo", que "pode ​​fazer a bomba de hidrogênio parecer mais um foguete, em comparação", lê-se sobre os potenciais do Dispositivo de Fusão de Compressão de Plasma, que foi patenteado pela Marinha dos EUA, mostram documentos ao qual o portal Drive teve acesso.

Essa é apenas um dos vários experimentos que a Divisão de Aeronaves do Centro de Guerra Aérea Naval (NAWCAD, na sigla em inglês) dos EUA conduziu recentemente sob a tutela do famoso engenheiro aeroespacial Salvatore Cezar Pais.

O documento explica que a ideia da arma parte do "movimento controlado de matéria eletricamente carregada (do sólido para plasma) por meio de rotação acelerada sob transientes de aceleração-desaceleração-aceleração rápidos (mas suaves)".

Este efeito, que o cientista chamou de Efeito Pais, leva, afirma, à criação de campos eletromagnéticos incrivelmente poderosos que podem "projetar a estrutura de nossa realidade no nível mais fundamental", culminando em revoluções assombrosas em potência e propulsão, comunicações quânticas, e até mesmo produção de armas.

Os documentos internos indicam que a Marinha dos EUA acredita que esta tecnologia tem importância para a segurança nacional por conduzir potencialmente à produção de energia de ignição por fusão termonuclear com potencial comercial e militar "para garantir o domínio energético nacional".

Projetos de Pais

O Dispositivo de Fusão de Compressão de Plasma é apenas o mais recente empreendimento de Salvatore Cezar Pais, que nos últimos anos tem produzido patentes inusitadas.

O cientista da Marinha dos EUA já registrou a patente para um objeto voador incomum, que se assemelha a um OVNI e emprega um "dispositivo inercial de redução de massa" para atingir "velocidades extremas".

Pais também é o autor do projeto de um novo e compacto reator de fusão, que seria capaz de gerar grandes quantidades de energia utilizando fusores dinâmicos giratórios, mantendo o plasma nuclear estável de uma forma que pretende imitar a massa do Sol.

Além disso, o modelo poderia produzir de um gigawatt a um terawatt de energia, com apenas um megawatt.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала