Juntas por Soleimani: multidões fazem homenagens após 1 ano da morte do general iraniano

Nos siga noTelegram
Cidadãos no Irã e Iraque fizeram atos de lembrança da morte do major-general iraniano Qassem Soleimani durante o primeiro aniversário de seu assassinato.

Além de Soleimani, as imagens também trazem homenagens ao ex-líder miliciano iraquiano pró-Irã Abu Mahdi al-Muhandis, que também morreu na mesma operação militar norte-americana que tirou a vida de Soleimani em 3 de janeiro de 2020 na área do aeroporto de Bagdá, Iraque.

Com velas e cartazes, os apoiadores dos líderes saíram às ruas em tom fúnebre.

Entre a multidão estavam tanto militantes de movimentos pró-iranianos no Iraque quanto simples pessoas.

Os atos em memória de Soleimani se dão em meio à contínua tensão entre os EUA e Irã.

© REUTERS / Thaier Al-SudaniIraquianos levantam bandeiras do Irã e pôsteres do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis durante atos de homenagem pelo aniversário de um ano do assassinato dos dois durante operação dos EUA em Bagdá.
Iraquianos levantam bandeiras do Irã e pôsteres do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis - Sputnik Brasil
1/15
Iraquianos levantam bandeiras do Irã e pôsteres do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis durante atos de homenagem pelo aniversário de um ano do assassinato dos dois durante operação dos EUA em Bagdá.
© REUTERS / Khaled AbdullahMultidão se reúne para lembrar a morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Sanaa, Iêmen.
Multidão se reúne para lembrar a morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Sanaa, Iêmen - Sputnik Brasil
2/15
Multidão se reúne para lembrar a morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Sanaa, Iêmen.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniPessoa se ajoelha diante de fotos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos em ataque dos EUA há exatamente um ano, Bagdá, Iraque.
Pessoa se ajoelha diante de fotos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos em ataque dos EUA há exatamente um ano - Sputnik Brasil
3/15
Pessoa se ajoelha diante de fotos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos em ataque dos EUA há exatamente um ano, Bagdá, Iraque.
© AP Photo / Khalid MohammedMembros das Forças de Mobilização Popular xiitas do Iraque cantam slogans contra os EUA no Aeroporto Internacional de Bagdá, Iraque, ao passo que homenageiam o major-general iraniano Qassem Soleimani e o líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos um ano atrás nos arredores do aeroporto durante operação militar americana.
Membros das Forças de Mobilização Popular xiitas do Iraque cantam slogans contra os EUA no Aeroporto Internacional de Bagdá, Iraque, ao passo que homenageiam o major-general iraniano Qassem Soleimani - Sputnik Brasil
4/15
Membros das Forças de Mobilização Popular xiitas do Iraque cantam slogans contra os EUA no Aeroporto Internacional de Bagdá, Iraque, ao passo que homenageiam o major-general iraniano Qassem Soleimani e o líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos um ano atrás nos arredores do aeroporto durante operação militar americana.
© AFP 2022 / Escritório do Comandante do Asaib Ahl Al-Haq do Iraque, Qais Al-KhazaliLíder da facção iraquiana pró-Irã Asaib Ahl Al-Haq, Qais Al-Khazali, presta homenagem ao major-general iraniano Qassem Soleimani e ao líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos em 3 de janeiro pelos EUA no Iraque.
Líder da facção iraquiana pró-Irã Asaib Ahl Al-Haq, Qais Al-Khazali, presta homenagem ao major-general iraniano Qassem Soleimani - Sputnik Brasil
5/15
Líder da facção iraquiana pró-Irã Asaib Ahl Al-Haq, Qais Al-Khazali, presta homenagem ao major-general iraniano Qassem Soleimani e ao líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos em 3 de janeiro pelos EUA no Iraque.
© REUTERS / Khalid al-MousilyCidadãos iraquianos carregam foto do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos um ano atrás perto do Aeroporto Internacional de Bagdá durante operação militar americana, 1° de janeiro de 2021.
Cidadãos iraquianos carregam foto do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis - Sputnik Brasil
6/15
Cidadãos iraquianos carregam foto do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, mortos um ano atrás perto do Aeroporto Internacional de Bagdá durante operação militar americana, 1° de janeiro de 2021.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniPessoas se aglomeram em Bagdá para relembrar a morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis.
Pessoas se aglomeram em Bagdá para relembrar a morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis - Sputnik Brasil
7/15
Pessoas se aglomeram em Bagdá para relembrar a morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis.
© AFP 2022 / Ahmad Al-RubayeMulher iraquiana carrega retrato do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, 3 de janeiro de 2021.
Mulher iraquiana carrega retrato do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, 3 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil
8/15
Mulher iraquiana carrega retrato do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, 3 de janeiro de 2021.
© REUTERS / Majid Asgaripour / WANA (West Asia News Agency)Major-general iraniano Qassem Soleimani é homenageado em sua sepultura em Kerman, Irã, pelo aniversário de um ano de seu assassinato, 2 de janeiro de 2021.
Major-general iraniano Qassem Soleimani é homenageado em sua sepultura em Kerman, Irã, pelo aniversário de um ano de seu assassinato, 2 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil
9/15
Major-general iraniano Qassem Soleimani é homenageado em sua sepultura em Kerman, Irã, pelo aniversário de um ano de seu assassinato, 2 de janeiro de 2021.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniIraquianos põem velas no chão e lembram o ataque norte-americano que matou o major-general iraniano Qassem Soleimani e o líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, Iraque.
Iraquianos põem velas no chão e lembram o ataque norte-americano que matou o major-general iraniano Qassem Soleimani e o líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis - Sputnik Brasil
10/15
Iraquianos põem velas no chão e lembram o ataque norte-americano que matou o major-general iraniano Qassem Soleimani e o líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, Iraque.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniPessoa observa banner com as fotos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis no aniversário de um ano da morte de ambos em operação dos EUA no Iraque.
Pessoa observa banner com as fotos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis no aniversário de um ano da morte de ambos em operação dos EUA no Iraque - Sputnik Brasil
11/15
Pessoa observa banner com as fotos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis no aniversário de um ano da morte de ambos em operação dos EUA no Iraque.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniPessoas acendem velas em homenagem ao major-general iraniano Qassem Soleimani e ao líder miliciano iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis no aniversário de um ano da morte de ambos em operação dos EUA no Iraque.
Pessoas acendem velas em homenagem ao major-general iraniano Qassem Soleimani e ao líder miliciano iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis - Sputnik Brasil
12/15
Pessoas acendem velas em homenagem ao major-general iraniano Qassem Soleimani e ao líder miliciano iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis no aniversário de um ano da morte de ambos em operação dos EUA no Iraque.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniCombatente das Forças de Mobilização Popular xiitas do Iraque fica em pé tendo ao fundo imagens do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, Iraque.
Combatente das Forças de Mobilização Popular xiitas do Iraque fica em pé tendo ao fundo imagens do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis - Sputnik Brasil
13/15
Combatente das Forças de Mobilização Popular xiitas do Iraque fica em pé tendo ao fundo imagens do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, Iraque.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniPessoas levantam bandeiras durante o primeiro aniversário da morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, Iraque.
Pessoas levantam bandeiras durante o primeiro aniversário da morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, Iraque - Sputnik Brasil
14/15
Pessoas levantam bandeiras durante o primeiro aniversário da morte do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em Bagdá, Iraque.
© REUTERS / Thaier Al-SudaniVela é posta perto dos retratos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em ato de um ano do aniversário da morte de ambos durante operação dos EUA, Bagdá, Iraque.
Vela é posta perto dos retratos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em ato de um ano do aniversário da morte de ambos durante operação dos EUA, Bagdá, Iraque - Sputnik Brasil
15/15
Vela é posta perto dos retratos do major-general iraniano Qassem Soleimani e do líder da milícia xiita iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis em ato de um ano do aniversário da morte de ambos durante operação dos EUA, Bagdá, Iraque.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала