Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA estão investigando origem da pandemia do novo coronavírus, anuncia Trump

© REUTERS / Leah MillisPresidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing diário sobre coronavírus na Casa Branca, em Washington, EUA, 17 de abril de 2020
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing diário sobre coronavírus na Casa Branca, em Washington, EUA, 17 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente americano Donald Trump disse que os EUA estão considerando versões de a COVID-19 ter tido origem em um laboratório na cidade chinesa de Wuhan e que pretendem determinar sua origem.

"Muitas coisas estranhas estavam acontecendo, mas há muita investigação em andamento e nós vamos descobrir", disse Trump, quando solicitado a comentar sobre a probabilidade de um cenário de o vírus ter vazado de um laboratório na cidade chinesa de Wuhan.

"Tudo o que posso dizer é que, de onde quer que tenha vindo, de qualquer forma veio da China. 184 países agora estão sofrendo por causa disso. E isso é muito ruim, não é?", complementou.

No dia 16 de abril, a Fox News, citando fontes, afirmou que o primeiro paciente com COVID-19 trabalhava em um laboratório do Instituto de Virologia de Wuhan, argumentando que o laboratório não tinha o intuito de desenvolver armas biológicas, mas de demonstrar excelentes resultados na pesquisa de vírus por cientistas chineses.

© REUTERS / Aly SongVoluntários desinfetam teatro em Wuhan, província de Hubei, o epicentro do coronavírus, 2 de abril de 2020
EUA estão investigando origem da pandemia do novo coronavírus, anuncia Trump - Sputnik Brasil
Voluntários desinfetam teatro em Wuhan, província de Hubei, o epicentro do coronavírus, 2 de abril de 2020

Anteriormente, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, exigiu da China transparência em relação ao surgimento da pandemia de coronavírus. Ao mesmo tempo, ele se recusou a confirmar ou desmentir publicações da mídia americana de que o vírus poderia ter escapado de um laboratório em Wuhan.

O Ministério das Relações Exteriores chinês disse que Pequim tinha tomado uma posição aberta e responsável sobre a publicação de dados relativamente à epidemia do coronavírus desde o início.

De acordo com os últimos dados da Universidade Johns Hopkins, foram registrados no mundo quase 2,2 milhões de casos de infecção no mundo, com mais de 154 mil mortes.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала