Pandemia do coronavírus faz Rússia restringir entrada de estrangeiros

© Sputnik / Ilya PitaevO primeiro-ministro da Rússia, Mikhail Mishustin, em discurso ao parlamento, em 16 de janeiro de 2020
O primeiro-ministro da Rússia, Mikhail Mishustin, em discurso ao parlamento, em 16 de janeiro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo da Rússia decidiu nesta segunda-feira restringir temporariamente a entrada no país de cidadãos estrangeiros e apátridas a partir de 18 de março, informou o serviço de imprensa do gabinete russo.

Em 16 de março, o primeiro-ministro da Rússia, Mikhail Mishustin, discutiu com os primeiros-ministros de vários países da Comunidade de Estados Independentes a situação em torno da pandemia do novo coronavírus.

"Mishustin informou aos chefes de governo que, a fim de garantir a segurança do Estado, proteger a saúde pública e impedir a propagação da infecção por coronavírus, de acordo com a lei russa e as disposições de tratados internacionais, o governo da Federação da Rússia decidiu de 0h de 18 de março de 2020 à 0h de 1º de maio de 2020 restringir temporariamente a entrada no país a cidadãos estrangeiros e apátridas", afirmou o comunicado.

A proibição não se aplicará a representantes diplomáticos, tripulantes de avião e algumas outras categorias de pessoas, disse o documento.

A Rússia registrou 93 casos do vírus até o momento.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала