21:54 09 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2182
    Nos siga no

    Segundo as estatísticas feitas com base nos dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China, as pessoas menos afetadas pelo novo coronavírus são crianças e adolescentes.

    Mais de 70 mil casos da doença COVID-19 foram estudados por especialistas até 11 de fevereiro de 2020, determinando que as faixas etárias de 0 a 10 anos e de 10 a 19 anos correspondem a 1% dos infectados, escreveu o jornal russo Izvestia.

    Na opinião do diretor de um instituto russo de parasitologia médica, esta questão precisa ser estudada detalhadamente.

    "É bem possível que o vírus não seja realmente muito perigoso para as crianças, mas até agora não há informação suficiente sobre esta questão", disse.

    Já de acordo com Maria Vedunova, diretora do Instituto de Biologia e Biomedicina da Universidade Estadual de Nizhny Novgorod, crianças e adolescentes estão de fato mais protegidos do novo coronavírus, enquanto os idosos estão em risco.

    "O sistema imunológico humano enfraquece com a idade e se torna mais suscetível a infecções. A presença de doenças crônicas muitas vezes leva a complicações", afirmou Vedunova.

    Outro meio de transmissão

    Para o chefe do departamento de doenças infecciosas da clínica universitária H-Clinic, Danila Konnov, embora raro, o coronavírus pode ser transmitido de mãe para filho.

    "A placenta é um órgão único que protege uma criança de infecções de mãe para filho. Se uma mulher adoeceu com coronavírus pouco antes do nascimento e retém a secreção patogênica, há a possibilidade de infectar a criança por contato com ela imediatamente após o nascimento", explicou Konnov.

    Crianças usando máscaras para se proteger do coronavírus em uma escola da Indonésia
    © AP Photo / Ahn Young-joon
    Crianças usando máscaras para se proteger do coronavírus em uma escola da Indonésia

    O número total de pessoas infectadas por coronavírus no mundo inteiro até o momento é de 93.160 pessoas, com quase 3.200 mortes registradas. China, Coreia do Sul, Itália e Irã são os países mais afetados.

    Mais:

    Coronavírus: número de casos em todo o mundo chega a quase 91 mil pessoas
    Impacto do coronavírus na China se espalha na cadeia produtiva global, diz economista
    EUA investigam kits de teste defeituosos usados para diagnosticar COVID-19, relata Reuters
    Tags:
    COVID-19, crianças, idosos, coronavírus chinês, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar