- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Suspeitos de coronavírus no RJ poderão ser internados compulsoriamente

© Folhapress / Saulo Angelo / Futura PressGovernador do Rio, Wilson Witzel, durante evento na capital fluminense (foto de arquivo)
Governador do Rio, Wilson Witzel, durante evento na capital fluminense (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pessoas suspeitas de estarem contaminadas pelo novo coronavírus no Rio de Janeiro poderão ser internadas compulsoriamente. A medida foi autorizada por decreto do governador Wilson Witzel nesta quarta-feira (11).

"A internação compulsória pode e deve ser com critérios, conscientizando as pessoas da necessidade de fazer o isolamento por um período de 15 dias, até que se afastem as possibilidades de contaminação", disse Witzel, de acordo com a Agência Brasil. 

O decreto que trata da internação compulsória foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira. 

Ainda de acordo com o governador carioca, o "interesse individual não pode se sobrepor ao interesse da coletividade". Witzel também ressaltou que o Governo Federal deve colaborar com os esforços contra o vírus. 

Os secretários estaduais de Saúde pediram repasse de R$ 1 bilhão à União, sendo que R$ 200 milhões imediatamente.

Também nesta quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a COVID-19, doença causada pelo coronavírus, é uma pandemia e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a suspensão de voos vindos da Europa. 

O Rio de Janeiro tem 10 casos confirmados de COVID-19.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала