Força Aérea dos EUA fecha Casa Branca e mobiliza caças após violação de espaço aéreo

© REUTERS / Loren ElliottO prédio do Capitólio visto no por do sol, no Distrito Federal de Washington, nos EUA, em 22 de novembro de 2019
O prédio do Capitólio visto no por do sol, no Distrito Federal de Washington, nos EUA, em 22 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Força Aérea dos EUA movimentou suas aeronaves, nesta terça-feira (26), após relatos de que uma aeronave não identificada teria violado o espaço aéreo restrito da capital, Washington D.C.

A Casa Branca e o Capitólio foram temporariamente fechados, por volta das 9h00 do horário local (11h00 do horário de Brasília).

O Comando de Defesa Aeroespacial dos EUA emitiu comunicado, dizendo que seus caças estavam "no local, respondendo" à situação, reportou a AFP.

O avião que teria violado o espaço aéreo da capital norte-americana "não é considerado hostil nesse momento", disse o comunicado.

As restrições foram retiradas 20 minutos depois, após o serviço secreto norte-americano ter classificado o episódio como "potencial violação" do espaço aéreo de Washington.

Funcionários e visitantes da Casa Branca compartilharam informações das restrições impostas em tweets.

​A Casa Branca está totalmente fechada. Toda a mídia está abrigada em um local dentro do salão de conferências de imprensa. Há relatos similares vindo do Capitólio e outros edifícios do congresso

​A Casa Branca está fechada – repórteres foram evacuados do gramado norte e agora não podem sair da sala de conferências de imprensa

As regras de usufruto do espaço aéreo da capital dos EUA, Washington, foram severamente restritas após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала