MH370: tripulação e passageiros estariam inconscientes durante o voo, segundo especialista

© AP Photo / Rob GriffithReal Força Aérea da Austrália realiza busca pelo avião desaparecido do voo MH370
Real Força Aérea da Austrália realiza busca pelo avião desaparecido do voo MH370 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
David Learmount, especialista em aviação, disse a canal de TV que tanto a tripulação quanto os passageiros do voo MH370 poderiam ter desmaiado após despressurização do avião ser induzida.

O mistério do voo MH370 da Malaysia Airlines ganhou mais uma hipótese que poderia esclarecer o sumiço do avião. É sabido que, após decolar de Kuala Lumpur, Malásia, em direção à capital chinesa, Pequim, no dia 8 de março de 2014, a aeronave ainda voou por cerca de sete horas.

Os investigadores creem que a aeronave realizou uma virada de 180° antes de sobrevoar o estreito de Malaca. Em seguida, o Boeing 777 teria se direcionado ao sul, em direção ao oceano Índico.

Após isto, o avião teria ficado sem combustível, o que poderia ter provocado a sua queda.

Todo este percurso faz os investigadores crer que a aeronave não estava descontrolada, mas que alguma pessoa muito experiente tenha realizado tais manobras.

Mas a pergunta que se faz é quem teria feito isso e como isso aconteceu? Para David Learmount, especialista em aviação, a ação poderia ter sido conduzida pelo próprio piloto ou algum sequestrador teria o forçado a fazer isso. Também não se descarta a ideia de que alguém teria assumido o comando da aeronave.

De qualquer forma, o Boeing 777 esteve todo o momento sob a condução de um especialista neste tipo de avião, segundo Learmount.

Despressurização

No entanto, esta hipótese levanta uma dúvida: será que não houve reação da tripulação e dos passageiros?

Analisando isto, Learmount disse que quem pilotava a aeronave poderia ter causado uma despressurização na aeronave. Como resultado disso, todos os que estavam a bordo teriam desmaiado em apenas 35 segundos.

"Isto deixa qualquer um a 9.000 metros ou onde for sem consciência em apenas 35 segundos", disse Learmount em um documentário do canal de TV britânico Channel 5.

Por sua vez, o autor da despressurização se precaveu usando uma das máscaras de oxigênio presentes na cabine do piloto.

Sem reação

A despressurização não teria causado vítimas fatais de imediato, mas seria o suficiente para prevenir qualquer reação de quem estava a bordo.

"Depois disso, eles vão ficar provavelmente vivos ainda por um bom tempo, mas totalmente inconscientes", acrescentou Learmount.

Embora a hipótese soe plausível, ela ainda não é sustentada por provas concretas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала