Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Conservadores vencem eleições na Áustria

© REUTERS / Leonhard FoegerSebastian Kurz, ministro de Relações Exteriores da Áustria
Sebastian Kurz, ministro de Relações Exteriores da Áustria - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Partido Popular da Áustria (OVP), liderado pelo ex-chanceler Sebastian Kurz, venceu as eleições no país com 38,4% dos votos, informou neste domingo (29) o Ministério do Interior. 

Os conservadores ficaram com 73 das 183 cadeiras do parlamento, seguidos pelos sociais-democratas, que ficaram com 41 assentos (21,5%). O Partido da Liberdade (FPO) conquistou 32 vagas (17,3%), enquanto os verdes ficaram com 23 (12,4%) e os liberais com 14 (7,4%). 

A participação popular chegou a 60%, contra 80% das eleições anteriores. Os resultados não incluem os votos antecipados, por isso a contagem final, que será completada na quinta-feira, pode mudar um pouco. 

Extrema-direita perde força

Kurz, de apenas 33 anos, poderá agora voltar ao poder após ser destituído por uma moção de censura votada em maio deste ano. Seus antigos aliados, os radicais do FPO, legenda de extrema-direita, foram os principais derrotados nas eleições. O partido se viu envolvido em escândalos de corrupção, que afetaram sua popularidade, terminaram por desmanchar a coalização no poder e levaram a um novo pleito. 

Em função disso, Kurz terá que se habilidoso para costurar alianças e formar um novo governo. "Vamos manter negociações com todos os partidos representados no parlamento. Faremos esforços para garantir uma cooperação mutuamente respeitosa entre todos os partidos, para que façam o melhor para a Áustria", disse Kurz, segundo publicado pela cadeia OE24. Ele também agradeceu os eleitores pelo apoio e afirmou que não esperava um resultado tão bom para seu partido.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала