Qual é a diferença entre frotas da Rússia e dos EUA? Almirante explica

© Sputnik / Konstantin ChalabovDestróier Nastoychivy na região de Kaliningrado, Rússia
Destróier Nastoychivy na região de Kaliningrado, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-comandante da Frota do Mar Negro da Rússia, Vladimir Komoedov, comentou o artigo publicado na National Interest sobre a comparação das frotas dos EUA e da Rússia.

A revista publicou um material informando que as frotas dos países são opostas. Os EUA preferem grandes navios capazes de passar grandes distâncias, enquanto a Rússia constrói navios pequenos.

O almirante notou que as particularidades geográficas e históricas da Rússia privaram o país do acesso direto a oceanos, com exceção do Pacífico.

Tendo em conta esse fator, a Marinha da Rússia tomou a decisão de prosseguir com a estratégia de construção de navios e submarinos pequenos e móveis.

"E os norte-americanos seguiram outro caminho. Eles construíram navios amplos que poderiam transportar não só o pessoal, mas também a aviação. E junto com o Japão seguem a rota de construção de porta-aviões", comentou Komoedov ao portal Serviço Nacional de Notícias.

Segundo o almirante, isso foi possível exatamente por causa do acesso aos oceanos Pacífico e Atlântico que estes países têm.

© Foto / MCSN Tristan Kyle LabuguenAeronave militar multifunção MV-22 Osprey do Esquadrão Marine Medium Tiltrotor 264 se prepara para pousar no convés do porta-aviões USS Abraham Lincoln de classe Nimitz, durante as manobras em 17 de maio de 2019
Qual é a diferença entre frotas da Rússia e dos EUA? Almirante explica - Sputnik Brasil
Aeronave militar multifunção MV-22 Osprey do Esquadrão Marine Medium Tiltrotor 264 se prepara para pousar no convés do porta-aviões USS Abraham Lincoln de classe Nimitz, durante as manobras em 17 de maio de 2019

Ele também sublinhou que as áreas nos mares Báltico, Mediterrâneo e Negro são fechadas e só a Frota do Pacífico é capaz de se instalar diretamente no oceano Pacífico através de Kamchatka.

Além disso, a frota soviética teve a tarefa de resistir contra as forças das frotas estrangeiras. Devido a isso, a URSS elaborou navios de guerra que podem transportar mísseis – cruzadores, destróieres e submarinos.

Então a Rússia desenvolveu "operações eficazes contra grupos de porta-aviões", concluiu o militar.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала