Ex-funcionária do Departamento de Estado dos EUA é condenada à prisão por conspirar com chineses

© FotoEscutas telefônicas
Escutas telefônicas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma ex-funcionária do Departamento de Estado dos EUA foi condenado a mais de três anos de prisão por supostamente conspirar com agentes de inteligência chineses, informou o Departamento de Justiça em comunicado à imprensa.

"Candace Marie Claiborne, ex-funcionária do Departamento de Estado dos EUA, foi condenada hoje a 40 meses de prisão, três anos de liberdade vigiada e multa de US$ 40 mil por conspiração para defraudar os Estados Unidos, mentindo para policiais e investigadores secundários, e escondendo seus extensos contatos e presentes de agentes da República Popular da China em troca de documentos internos do Departamento de Estado dos EUA", disse o comunicado.

De acordo com documentos judiciais, Claiborne forneceu aos agentes de inteligência chinesa documentos confidenciais sobre tópicos que vão desde economia até visitas diplomáticas. Agentes chineses supostamente forneceram a Claiborne milhares de dólares em presentes e benefícios ao longo de cinco anos, acrescentou o comunicado.

Claiborne começou a trabalhar como Especialista em Gerenciamento de Escritórios para o Departamento de Estado em 1999, antes de servir em postos no exterior, incluindo em Pequim e Xangai, segundo o comunicado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала